Receita Federal divulga lista de documentos exigidos no IRPF de 2022

Pontos-chave
  • Receita Federal dá início as declarações do Imposto de Renda;
  • Contribuintes devem reunir suas documentações para comprovar os rendimentos;
  • É possível fazer consulta para saber os rendimentos pela internet.

Brasileiros devem ficar atentos aos prazos do Imposto de Renda. Começou nesta segunda-feira (07), o envio das declarações do IRPF. O procedimento estará disponível até o dia 29 de abril e é de caráter obrigatório para parte significativa da população. Abaixo, confira a lista de documentos que deve ser apresentada.

Receita Federal divulga lista de documentos exigidos no IRPF de 2022 (Imagem: FDR)
Receita Federal divulga lista de documentos exigidos no IRPF de 2022 (Imagem: FDR)

A declaração do Imposto de Renda é um procedimento anual que deve ser feita pelos brasileiros que ultrapassaram o teto fiscal de R$ 28 mil. Sua realização é feita através da Receita Federal que disponibiliza um programa para que o cidadão preste conta dos seus rendimentos.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda em 2022

Para esse ano, o valor mínimo a ser tarifado é de R$ 28.559,70. Isso significa dizer que todos aqueles que acumularam essa quantia em 2021, sendo rendimentos tributáveis, devem explicitar para o órgão todos os valores recebidos e gastos.

Além disso, o envio da declaração é obrigatório também para:

  • Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem teve isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias;
  • Quem teve, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem tinha, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • Quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2021.

Quais documentos devo reunir para o IRPF de 2022?

Como a declaração é feita pela internet, o cidadão precisa comprovar todos os dados informados no ato de sua prestação de contas. Isso implica dizer que ele deverá reunir uma série de registros que atestem sua titularidade e também os rendimentos e bens. De modo geral, a Receita Federal fiscaliza os seguintes dados:

Identificação pessoal

  • Endereço atualizado;
  • Nome, CPF, grau de parentesco e data de nascimento dos dependentes;
  • Cópia da última Declaração de Imposto de Renda (caso tenha);
  • Atividade profissional atual;
  • Informações da conta para restituição ou débitos das cotas de imposto apurado (caso tenha).

Comprovante de bens

  • Imóveis: Data de aquisição, área do imóvel, IPTU, registro de inscrição no órgão público e registro no cartório de Imóveis;
  • Veículos e aeronaves: Número do Renavam, registro no órgão fiscalizador;
  • Contas correntes e aplicações: CNPJ da instituição financeira, agência e número da conta.

Declarações de renda

  • Instituições financeiras;
  • Aposentadoria, salário, pensão, distribuição de lucros, pró-labore;
  • Aluguéis de bens móveis e imóveis;
  • Programas fiscais, como Nota Fiscal Paulista e Nota Fiscal Paulistana;
  • Informes de outras rendas recebidas em 2021, como doações, heranças e pensão;
  • Informações do Carnê-Leão para importação na Declaração do Imposto de Renda;
  • Informes de rendimentos adquiridos com a renda variável;
  • Notas de corretagem e extratos de IR enviadas pelas corretoras onde negociação é feita;
  • DARFs de Renda Variável.

Registros de pagamento e dedução

  • Comprovantes de gastos com educação;
  • Comprovante de pagamento de previdência social e privada;
  • Comprovante de doações;
  • Recibos ou informes de rendimentos de plano, ou seguro de saúde;
  • Despesas médicas e odontológicas.
Receita Federal divulga lista de documentos exigidos no IRPF de 2022 (Imagem: FDR)
Receita Federal divulga lista de documentos exigidos no IRPF de 2022 (Imagem: FDR)

Como consultar sua situação com a Receita Federal

  • Gere um código de acesso ou certificado digital no portal e-CAC, neste link aqui: https://cav.receita.fazenda.gov.br/autenticacao/login/index.
  • Depois de gerar esse código ou certificado, você vai entrar no portal e-CAC, fazer seu login e colocar a senha. Assim que logar, vai aparecer uma tela com várias opções. Aí, você clicará na opção “Declaração e demonstrativos”. Em seguida, você vai selecionar a opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”.
  • Na sequência, seleciona a opção de “Serviços”.
  • Abra sua aba da declaração e confira seu status, podendo ser: em processamento, processada, em fila de restituição, com pendência, em análise, retificada, cancelada ou tratamento manual. Esse status serve para que, caso não esteja tudo certo, você possa corrigir o que estiver errado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.