Criptomoeda ‘tira o sono’ dos donos de cartórios; entenda

Criptomoeda “tira o sono” dos donos de cartórios que tem perder salários de R$ 103 mil com o criptoativo. A ocupação é uma das mais bem remuneradas do Brasil.

Os titulares de cartórios estão passando por um momento de intensa preocupação. O motivo é uma criptoaposta que parece ter a capacidade de tornar cartórios desnecessários, comprometendo os altos salários desses profissionais.

Enquanto os cartórios enfrentam a preocupação de deixar de existir, tem quem possa ganhar muito dinheiro com isso. Quem percebeu a movimentação ainda em 2021, conseguiu multiplicar seu dinheiro em 300 vezes no período de 10 meses.

Ganhos do no token

A nova categoria de criptoativos apresentou uma alta considerável em 2021. A moeda que estava valendo US$ 0,50 no início do ano passado, em novembro já se encontrava valendo US$ 160, ou seja, quem investiu R$ 1 mil lucrou R$ 320 mil, e para se tornar milionário o investimento necessário foi de R$ 3 mil.

Mas o que os cartórios têm a ver com as criptomoedas?

A princípio é difícil entender a associação entre criptomoedas e cartórios que tem como função o registro e autenticação de documentos. O problema para os cartórios está na categoria de criptomoedas que vão além das trocas comerciais e de valor, mas que estão ligadas à atividade de certificados de autenticidade digital em que as transações são registradas na blockchain.

Com a transferência de posse registrada na blockchain, se perde a necessidade do registro e autenticação dos contratos e documentos que eram feitos nos cartórios.

Ascensão dos tokens torna o investimento promissor

Para quem não é dono de cartório e não deve ter o salário, que segundo o Guia de Carreira é de R$ 103 mil, comprometido, os tokens podem trazer muitas alegrias.

A atenção agora é para que os investimentos sejam feitos logo, já que esses tokens já não estão mais fora do radar. Os chamados “tubarões”, ou seja, os grandes investidores já estão investindo pesado nos ativos. A janela de oportunidade está se fechando e quem deseja lucrar com esse mercado deve estar sempre atento aos melhores períodos e as novidades que tendem a surgir.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.