Problema financeiro está ’empacando’ herança de Marília Mendonça; entenda

Depois de uma condenação póstuma no valor de R$ 360 mil, a herança da cantora Marília Mendonça, pode demorar a sair para os seus familiares. A cantora morreu aos 26 anos em uma queda de avião no final do ano passado.

O patrimônio da artista é estimado em cerca de R$ 500 milhões.

Essa condenação é referente a uma multa que deve ser paga ao empresário Pedro Barbosa dos Santos. A cantora teria vendido seis músicas para a dupla Mauro e Felipe com exclusividade e depois negociado as mesmas canções para outros artistas, como Lucas Lucco e Cleber e Cauã.

De acordo com a coluna Notícias da TV do portal Uol,esse processo foi aberto em maio de 2017 pelo empresário. 

Cerca de dois meses antes de falecer, a cantora apresentou recurso, encaminhado para a Justiça. Entretanto, neste ano, o pedido de apelação foi negado pelo Tribunal de Justiça.

A assessoria de imprensa da cantora informou que o valor estipulado pelo juíz foi de R$ 60 mil, ou seja, R$ 10 mil reais por composição. “O juíz entendeu de maneira clara e inequívoca que o valor pleiteado pelo requerente extrapolava todos os limites da legalidade e do bom senso, ainda mais levando em consideração que o mesmo havia pago apenas a módica quantia de R$ 1.000 por composição”, diz nota da assessoria.

Eles ainda se referem a seis letras inéditas, que foram devidamente entregues, e este é o argumento do recurso de apelação protocolizado em juízo, e que foi feito em vida pela cantora, sendo que a entrega das músicas ficou devidamente provada nos autos do processo.

“Tal contrato foi feito quando Marília tinha treze anos, no ato foi representada pela mãe. Maurício Vieira De Carvalho Filho, advogado que atua em defesa de Marília Mendonça nesta causa, ressalta que a Marília nunca teve nenhum vínculo empresarial com o senhor Pedro, ora requerente da ação, salvo o compromisso de entrega das composições inéditas”, defende a nota da assessoria.

Marília 

A cantora faleceu em no dia 5 de novembro de 2021, em um acidente de avião, segundo o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. A cantora viajava para cumprir a agenda de shows quando a aeronave caiu em curso d’água próximo da rodovia BR-474, na cidade de Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, no oeste de Minas.

Segundo a Infraero, o avião com a artista decolou às 13h05 (hora de Brasília) do aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.