Fintechs: jovens brasileiros abandonam ‘bancões’ e motivo impressiona

As fintechs caíram no gosto dos jovens brasileiros e cada vez mais esse público tem preferido abandonar os tradicionais “bancões”, o motivo impressiona.

A confirmação do que era uma tendência veio por meio de pesquisa. O estudo realizado por um player da área, a alemã Mambu, aponta que 54% dos brasileiros, entre 18 e 35 anos, optam por contas digitais para realizar a movimentação do seu dinheiro. 

A pandemia é tida como um grande motivo que levou as pessoas em geral a se integrarem aos meios remotos adotando a tecnologia. Entretanto, são as gerações mais novas que são a maioria na migração para o digital.

As fintechs são preferência

As empresas de serviços financeiros por meio digital, as chamadas fintechs, prestam seus serviços através do remoto, sem agências físicas, contando com o atendimento na palma da mão do usuário, por meio do smartphone.

Segundo o estudo da Mambu, a conta corrente convencional ainda é utilizada pelo público mais jovem, mas sendo usada como uma segunda conta, ficando em segundo plano.

Os resultados do estudo no Brasil são surpreendentes, já que se trata do maior índice da América Latina. Na outra ponta, países como Chile e Peru possuem 90% das preferências para os bancos tradicionais, os bancões.

A expectativa é que o futuro seja ainda mais digital, já que 73% dos entrevistados brasileiros que afirmam preferir as contas convencionais, já possuem contato com o digital.

No Brasil, o maior ecossistema das fintechs se concentra em São Paulo, sendo a quarta maior cidade no mundo no ramo. 

O real motivo

A grande aceitação do público jovem com os bancos digitais vai além da facilidade e comodidade oferecidos por esse serviço. São as fintechs que muitas vezes dão a oportunidade de que esse público abra uma conta 

Segundo a pesquisa, 12% dos jovens brasileiros se encontram desbancarizados. Esse público ao procurar uma forma de se inserir em um banco, encontra nas fintechs a possibilidade de um serviço sem anuidade dos cartões ou crédito com menor custo.

Diante das vantagens, a experiência digital aparece como um bônus para o usuário. Por todas as facilidades trazidas pelas fintechs, os bancos tradicionais têm buscado maneiras de se integrar ao digital e se adaptar as novas demandas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.