PIS/Pasep 2022: novo grupo recebe o pagamento nesta terça-feira (15)

Governo Federal libera nova parcela do PIS/PASEP. A partir desta terça-feira (15), os trabalhadores nascidos em março terão acesso aos valores do abono salarial. O pagamento vem sendo realizado pela Caixa Econômica e pelo Banco do Brasil, com permissão imediata para saque. Acompanhe os detalhes, abaixo.

PIS/Pasep 2022: novo grupo recebe o pagamento nesta terça-feira (15) (Imagem: FDR)
PIS/Pasep 2022: novo grupo recebe o pagamento nesta terça-feira (15) (Imagem: FDR)

Após um ano em suspensão, o governo federal retomou os depósitos do PIS/PASEP. O benefício é destinado para os cidadãos que atuam de carteira assinada, no serviço público ou privado. Para ter acesso, no entanto, é preciso cumprir as seguintes regras:

  • Estar cadastrado no PIS ou no Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Receber até dois salários mínimos mensais em 2020
  • Trabalhar com carteira assinada por, pelo menos, 30 dias (consecutivos ou não) em 2020
  • Estar com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Valores do PIS/PASEP

O pagamento tem um valor total de R$ 1.212. No entanto, a quantia só será integralmente concedida para quem tiver atuado de carteira assinada por todos os 12 meses. No caso de quem esteve por apenas um semestre, receberá 50%.

O depósito mínimo é de R$ 101, para os cidadãos que trabalharam somente por 12 meses.

Calendário de pagamentos do PIS/PASEP

Pagamentos do PIS

Mês de nascimento Data do pagamento
Janeiro 8 de fevereiro
Fevereiro 10 de fevereiro
Março 15 de fevereiro
Abril 17 de fevereiro
Maio 22 de fevereiro
Junho 24 de fevereiro
Julho 15 de março
Agosto 17 de março
Setembro 22 de março
Outubro 24 de março
Novembro 29 de março
Dezembro 31 de março

Pagamentos do PASEP

Final da inscrição Data do pagamento
0 15 de fevereiro
1 15 de fevereiro
2 17 de fevereiro
3 17 de fevereiro
4 22 de fevereiro
5 24 de fevereiro
6 15 de março
7 17 de março
8 22 de março
9 24 de março

 Como fazer o saque do PIS/PASEP?

Para quem atua no setor privado, o pagamento é gerenciado pela Caixa Econômica. Ou seja, o cidadão precisa ir até uma agência do banco e tirar a quantia. Já os servidores públicos recebem diretamente em suas contas do Banco do Brasil.

Em ambos os casos a permissão de saque é imediata. O trabalhador tem o direito de retirar totalmente a quantia, basta apresentar um cartão do banco ou documento oficial com foto.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.