Efeito vacina: Pfizer (PFIZ34) dobra lucro em 2021; o que esperar das ações?

A Pfizer informou que, no ano passado, dobrou seu lucro líquido anual, chegando a U$$ 22 bilhões. Esse desempenho foi puxado pela venda da vacina contra o coronavírus, que chegou a US$ 36 bilhões. Os números fazem parte do balanço do quarto trimestre de 2021, divulgados na última terça-feira (8).

Para este ano, o grupo farmacêutico estima uma venda de US$ 32 bilhões da vacina contra o coronavírus, desenvolvida juntamente com a BioNTech. A Pfizer ainda prevê US$ 22 bilhões por conceito da pílula antiviral para combater a covid-19.

As estimativas para 2022 têm como base os compromissos e contratos firmados no fim de janeiro. Diante disso, as previsões ainda poderiam subir.

Em 2021, as receitas chegaram a US$ 81,3 bilhões. Este número representa uma alta de 95% em relação ao ano anterior. no começo do ano passado, a empresa esperava vender somente US$ 15 bilhões pela vacina contra a doença. Após isso, a previsão aumentou por diversas vezes.

Segundo o CEO da companhia, Albert Bourla, nos primeiros dias da pandemia, a Pfizer se comprometeu a utilizar todos os conhecimentos e recursos à disposição para combater a doença.

Ele também declara que a empresa ofereceu tratamentos para auxiliar a evitar os piores resultados quando acontecem infecções.

Menos de dois anos após assumir esse compromisso, o executivo destaca que a Pfizer entregou a primeira vacina autorizada pela Food and Drug Administration (FDA, equivalente à Anvisa no Brasil) contra o coronavírus — com a BioNTech — e o primeiro tratamento oral autorizado pela FDA para a doença.

De acordo com a Pfizer — com exceção dos impactos da venda das vacinas — a receita da companhia caiu 2% no quarto trimestre do ano passado. O desempenho foi afetado por menos dias de venda. Já no ano, foi observada uma elevação ide 6%, a US$ 44,4 bilhões.

Situação das ações da Pfizer

Apesar da divulgação de lucro, as ações da Pfizer tiveram queda. Isso aconteceu porque os resultados ficaram abaixo do projetado pelo mercado. A orientação de ganhos de todo um ano também desapontou.

Na última terça-feira, após a publicação do balanço trimestral, a Pfizer registrou queda de 2,83%. Já nesta segunda-feira (14), por volta das 15h18, os papéis seguem com desempenho negativo, com queda de 2,31%. Em meio ao cenário adverso, as ações podem seguir essa tendência.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.