Banco Central anuncia novo site para ‘caçar’ dinheiro esquecido em bancos

Nesta segunda, 7, o Banco Central anunciou a criação de um novo site onde os brasileiros poderão consultar se possuem dinheiro “esquecido” nos bancos e instituições financeiras. Esta nova página começa a operar na próxima semana, data em que o BC havia dito que o serviço de consulta seria retomado. 

O site original não suportou a grande quantidade de acessos e caiu pouco tempo depois do lançamento. O novo endereço para as consultas a valores esquecidos é valoresareceber.bcb.gov.br

Devoluções começam no próximo mês 

Segundo o BC, os valores esquecidos nos bancos começam a ser devolvidos a partir do dia 7 de março. Para conseguir acessar o sistema é preciso ter um cadastro no site Acesso ou através do app Gov.br.

Somente após o acesso ao sistema e apenas em casos de solicitação de resgate sem indicação de uma chave PIX, a instituição financeira escolhida contatará o cliente para efetuar a transferência.

Site fora do ar 

A ferramenta “Valores a Receber” começou a operar no dia 24 de janeiro. Mas, logo no dia seguinte, o site não aguentou a quantidade de acessos e caiu, obrigando o BC a retirá-lo do ar.

O BC explicou que o site recebeu uma demanda muito superior a projetada e que está “investindo fortemente” na ampliação de sua capacidade de atendimento.

O Banco Central disse ainda que os brasileiros não precisam se preocupar com os possíveis recursos que tem a receber. “O cidadão nunca perde o direito sobre os valores em seu nome. As instituições financeiras guardarão esses recursos pelo tempo que for necessário, esperando até que o cidadão solicite a devolução”.

Por fim, o BC alertou através de nota sobre golpes que estão surgindo e que envolvem a nova ferramenta afirmando que:

  • O único site para consulta ao SVR e para solicitação de valores é valoresareceber.bcb.gov.br.
  • O Banco Central NÃO envia links NEM entra em contato com o cidadão para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais.
  • NINGUÉM está autorizado a entrar em contato com o cidadão em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber.
  • Portanto, o cidadão NUNCA deve clicar em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram.
  • O cidadão NÃO deve fazer qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores. É golpe!

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.