Fundos Imobiliários: analistas recomendam “pechinchas” para fevereiro

Em fevereiro, os fundos imobiliários considerados mais defensivos têm ganhado
espaço. Diante do cenário atual, o levantamento feito pelo InfoMoney, por meio
da análise de dez corretoras, indica os fundos imobiliários mais recomendados
para fevereiro.

Fundos Imobiliários: analistas recomendam “pechinchas” para fevereiro
Fundos Imobiliários: analistas recomendam “pechinchas” para fevereiro (Imagem: Montagem/FDR)

Os FIIs mais defensivos vem sendo considerados, pelos analistas, em meio ao
panorama de alta dos juros e incertezas eleitorais e fiscais. O caso do Maxi
Renda também continua sob o olhar do mercado.

Na compilação realizada pelo InfoMoney, com os fundos mais indicados para o
mês, o Bresco Logística liderou a lista. Este Fii foi o mais citado pelo sexto mês
consecutivo. A lista dos cinco mais recomendados não mudou em relação ao
mês anterior.

Fundos imobiliários mais recomendados para fevereiro

O levantamento do InfoMoney leva em consideração as perspectivas das
corretoras Ativa Investimentos, BB Investimentos, BTG Pactual, Genial, Guide,
Itaú BBA, Mirae Asset, Órama, Santander Corretora e Rico.

  • Bresco Logística (BRCO11): 8 recomendações

Segundo a analista do Itaú BBA, Larissa Nappo, o Bresco possui, na carteira
diversificada, uma das grandes qualidades. Ela declara que “o portfólio conta
com imóveis de muita qualidade técnica e locatários de baixo risco de crédito,
ligados a setores resilientes”.

Na avaliação das corretoras, o valor atual da cota do fundo também é um dos
atrativos. Instituições financeiras alegam que os papéis estão próximos às
mínimas históricas.

  • Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11): 5 recomendações

Conforme analistas, este fundo é uma oportunidade em meio ao momento
econômico atual.

A analista da Genial Investimentos, Isabella Suleiman, observa o Kinea como
uma forma positiva de monetizar com os juros altos. A perspectiva leva em
consideração a manutenção da taxa Selic em um nível alto nos próximos meses.

  • BTG Pactual Logística (BTLG11): 5 recomendações

Segundo o analista da Guide Investimentos, Rodrigo Crespi, desde o começo da
pandemia de coronavírus, o setor logístico vem apresentando o perfil mais
defensivo entre os segmentos imobiliários. Ele ainda declara que o setor deve
continuar com fundamentos sólidos.

  • CSHG Renda Urbana (HGRU11): 5 recomendações

Alguns dos destaques deste fundo são a recente estruturação do portfólio e a
previsibilidade na distribuição de dividendos.

Em relatório mensal, a Órama indica a alteração de estratégia do fundo nos
últimos anos — que deixou de ser uma carteira monoinquilino e monoativo, e
passou a ter um portfólio ainda direcionado ao setor de varejo.

  • TRX Real Estate (TRXF11): 5 recomendações

Em meio à resiliência oferecida pelo portfólio do fundo — concentrado no
varejo atacadista — durante a pandemia de covid-19, analistas possuem visão
favorável para o fundo.

O analista da Guide Investimentos ressalta que, o varejo alimentício, assim
como galpões logísticos, vem sendo um dos segmentos que menos sofreu desde
o começo da crise.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.