Amazon Prime vai ficar mais caro? Mercado financeiro faz projeções

Mercado financeiro faz projeções sobre o valor da Amazon Prime e a avaliação revela que o serviço está pronto para ficar mais caro.

A Wall Street avaliou que a Amazon está pronta para um aumento do preço cobrado pelo Prime. A expectativa é de que os resultados trimestrais revelados nesta quinta-feira (3), torne mais clara a resposta sobre se haverá ou não o aumento da mensalidade do serviço de entrega e streaming de mídia.

Diversos fatores levam a crer que o aumento já é uma realidade

Fatores como os salários maiores e bônus que a Amazon precisou pagar para atrair trabalhadores diante de uma oferta restrita de mão de obra podem ter contribuído para o aumento que está por vir.

Outro ponto que também sugere um aumento é o lucro operacional previsto. A empresa acreditava que para o último trimestre o lucro seria de US$ 3 bilhões, mas especialistas estimam aproximadamente US$ 2,5 bilhões.

O aumento do preço do combustível, inflação dos produtos e transporte rodoviário mais caro também aparecem para completar a lista de fatores que apontam uma necessidade de aumento do preço do serviço.

Nos Estados Unidos, a última vez que o Prime sofreu um aumento foi há quatro anos, passando de US$ 99 para US$ 119 na assinatura anual. 

Temporada de aumento?

A Netflix, principal rival da Amazon, anunciou aumento nos Estados Unidos semanas atrás, a Amazon vem evitando o assunto. Em outubro, Brian Olsavsky, diretor financeiro da empresa, falou sobre o tema ao anunciar que não haveria nenhum aumento para aquele momento, mas que o assunto é sempre estudado por eles. 

Olsavsky falou sobre o valor atual e o tempo desde o último ajuste. Vale lembrar que há quatro anos atrás o serviço aumentou e antes disso o aumento se deu também após quatro anos do último.

Outra especulação é que a empresa pretende atingir as melhorias prometidas nos serviços antes de aumentar o preço. Há cerca de três anos a empresa prometeu um serviço ágil de entregas com o tempo de um dia para que o produto chegasse ao consumidor, os desafios logísticos são muitos e a promessa ainda vem tentando ser cumprida.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.