Criptomoeda dos apoiadores do Trump têm vazamento de dados; saiba mais

A criptomoeda para apoiadores de Trump, a Magacoin, têm vazamento de dados dos usuários uma semana após seu lançamento. O Token de maneira geral beneficiava apenas o criador do criptoativo e influenciadores pró-Trump que aceitaram participar do programa de embaixadores.

Durante a última semana houve agitação no mercado das criptomoedas. O motivo foi o lançamento da Magacoin, uma moeda que tem como inspiração o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. 

Magacoin, a moeda apoiadora

O criptoativo foi criado pela America First Conservatives e teve início com a disponibilização de 75 milhões de unidades. O número de moedas faz referência ao número de votos que Trump recebeu nas últimas eleições que o tirou do cargo de líder do Executivo. A moeda surgiu com o intuito de auxiliar nos custos da candidatura de Trump para a presidência em 2024.

A organização pretende, com 10 milhões de unidades doadas para o “Magacoin Victory Fund”, subsidiar campanhas junto ao Trump por meio da valorização da criptomoeda, dizendo querer aproveitar o mercado e sua volatilidade para alcançar seus propósitos eleitorais ao longo do tempo. Eles apontam a organização como um “ecossistema onde indivíduos pró-Trump podem apoiar negócios e candidatos pró-Trump sem utilizar de instrumentos financeiros que beneficiam os globalistas”.

Vazamento de dados

A estratégia que parecia bem estabelecida não contava com os acontecimentos da última semana. No último dia 22, o The Guardian anunciou uma falha grave no sistema de segurança da Magacoin que resultou no vazamento de dados dos seus primeiros mil compradores da criptomoeda. Outra revelação foi de que grande parte do lucro teria ido para o criador da organização, um consultor com empresa ligada às atividades da operação. 

Os escândalos não pararam, com o vazamento veio a tona ainda que o “programa de embaixadores” da moeda estava envolvido com a doação de mil Magacoins para influenciadores e comunicadores que fizessem publicidade do criptoativo para seus seguidores. O The Guardian revelou que entre as personalidades envolvidas estão o dono de um talk show de Denver e um grupo de universitários republicanos chamado Iniciativa Federalista Jovem.

Diante dos fatos expostos na última semana, a criptomoeda perde a confiança de possíveis compradores já que os dados revelados apontam que o criptoativo dificilmente cumprirá com o propósito apresentado aos interessados.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.