Bebeto, tetracampeão pela Seleção Brasileira, tem processos por dívidas em condomínio; saiba mais

O Deputado Bebeto, tetracampeão pela seleção brasileira, responde a quatro processos por dívidas de condomínio. Outras duas ações contra o ex-jogador estavam em andamento, mas terminaram em acordo recentemente.

Atualmente no cargo de deputado estadual pelo Podemos-RJ,  Bebeto de 57 anos, responde a quatro processos na justiça pela falta de pagamento do condomínio de seus apartamentos localizados na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Bebeto também deve impostos de imóveis que ficam na Costa Verde do estado, em Mangaratiba.

Acordos recentes

Recentemente, Bebeto realizou acordo para duas ações que também estavam em andamento. O ex-jogador pagou o valor referente a dez meses de condomínio atrasado para a administração do edifício Marina Barrabela, também localizado na Barra da Tijuca.

Outra dívida quitada foi referente às cotas condominiais do Condomínio Santa Mônica Condomínio Club do período de junho de 2015 a agosto de 2018. Com o juros, o valor acordado de R$ 78.781,22 foi quitado pelo jogador.

Processos que ainda correm

Apesar dos acordos realizados, Bebeto e sua esposa, Denise de Andrade Gama de Oliveira, são réus em outros quatro processos. Um deles referente ao mesmo apartamento, dessa vez as dívidas são dos meses de novembro de 2019 a setembro de 2020, já com juros e multa o valor da dívida está em R$ 19.585,61.

O valor do processo movido pelo Edifício Santa Mônica Special, referente a dívida de taxas condominiais desde maio de 2019, está em R$ 260 mil.

Outras duas ações são movidas pela prefeitura de Mangaratiba. A primeira pela cobrança de tributos de 2017, e a segunda pelos tributos de 2020. De acordo com a prefeitura, a Secretaria da Fazenda e a Procuradoria Geral do Município de Mangaratiba não podem dar informações sobre os processos que correm em sigilo fiscal em respeito aos contribuintes.

Em resposta ao G1, Denise, a esposa do deputado confirmou os débitos e falou que por serem altos eles foram parcelados, mas os processos seguem em aberto, já que não foram quitados. “Como a dívida era grande, a gente parcelou. Mas enquanto não pagarmos, o processo continua aparecendo. Não é que a gente deva, estamos pagando e acertando tudo”, disse Denise de Oliveira.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.