CVM suspende serviços de 4 corretoras; confira lista e os motivos

Nesta terça-feira (25), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alertou sobre a atuação irregular de Raw Trading LTD, International Capital Markets Pty, IC Markets (EU) Ltd. e IC Markets Ltd. Essas corretoras não possuem autorização para intermediar valores mobiliários.

De acordo com a Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI), foram encontrados indícios de que as quatro companhias se apresentavam como responsáveis nos sites www.icmarkets.com e www.icmarkets.com/global/pt/.

Em nota, a CVM informa que essas empresas procuravam captar recursos de investidores residentes no brasil para aplicações em valores mobiliários. A prática acontecia por meio de perfis em redes sociais e páginas na internet.

Por meio do Ato Declaratório CVM 19.505, a autarquia determinou a suspensão imediata de veiculação de qualquer oferta pública de serviços de intermediação de valores mobiliários — de forma direta ou indireta.

O motivo é que as empresas não fazem parte do sistema de distribuição previsto no art. 15 da Lei 6.385/76. Em caso de descumprimento da determinação, as companhias estarão sujeitas à multa diária de R$ 1 mil.

CVM suspende serviços de mais 3 corretoras

No mesmo dia, a CVM também emitiu alerta sobre a atuação irregular de KOI Global LLC, Ventura Group e Orotrader. Conforme a SMI, há indícios de que essas companhias se apresentam como responsáveis no site www.orotrader.com.

Essas empresas, segundo a autarquia, também buscavam captar valores de investidores residentes no país para aplicações em valores mobiliários. O ato acontecia pelas redes sociais e página na internet.

Por meio do Ato Declaratório CVM 19.513, a autarquia também determinou a imediata suspensão de veiculação de oferta pública de serviços de intermediação de valores mobiliários — de forma direta ou indireta. Caso não adotem a determinação, os envolvidos poderão sofrer multa de R$ 1 mil por dia.

Pedido da CVM à população

Caso alguém seja investidor ou receba proposta de investimento por parte de uma das companhias citadas, a CVM pede que entre em contato por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC).

De forma preferencial, a autarquia pede que a pessoa forneça detalhes da oferta e a identificação dos indivíduos envolvidos. Dessa forma, a CVM poderá realizar a pronta atuação no caso.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.