Covid-19: afastamento no trabalho tem prazo reduzido; confira mudanças

Portaria reduz o tempo de afastamento de trabalhadores confirmados ou suspeitos de covid-19.

Além disso, o empregador pode decidir se o trabalhador será afastado das suas funções ou atuará em home office.

Portaria assinada pelo Ministério da Saúde e Ministério do Trabalho e Previdência diminuiu de 15 para 10 dias o tempo de asfaltamento dos funcionários confirmados, suspeitos ou ainda que tiveram contato com pessoas infectadas pela Covid-19.

Mudanças nas regras da Covid-19

Essa não foi a única alteração instituída pela portaria, os trabalhadores também devem ficar atentos.

Isso porque outras alterações passam a ser aplicadas; confira:

  • Redução de 15 para 10 dias do período de quarentena obrigatória do funcionário;
  • Diminuição para 7 dias de quarentena, caso o funcionário apresente resultado negativo em teste por método molecular (RT-PCR ou RT-LAMP) ou teste de antígeno a partir do quinto dia após o contato;
  • Redução para 7 dias se o funcionário não apresentar febre pelo período de 24 horas;
  • Retirada a recomendação do trabalho à distância, agora o empregador quem decide o modelo de trabalho que melhor se adequa a sua empresa.

Além disso, para os trabalhadores com mais de 60 anos ou com risco clinico a portaria aconselha que a atenção seja redobrada e que seja avaliada a possibilidade de adição do trabalho remoto, caso seja solicitado pelo funcionário.

Aquelas medidas que visam a prevenção do contágio continuarão a ser adotadas, como a higienização das mãos, uso de máscara, disponibilização de álcool à 70%, entre outras.

Brasil registra aumento na transmissão de Covid-19

O país voltou a registrar um aumento no número de casos e, infelizmente, de mortes também.

Nessa semana o Brasil registrou aumento na taxa de transmissão de Covid-19 para 1,78, esse é o mais alto índice desde de julho de 2020. Na semana anterior, a taxa ficou em 1,35.

Esse percentual significa o seguinte: cada 100 pessoas que estão com Covid-19 podem transmitir a doença para outras 178.

Os dados são  Imperial College de Londres.

Vale lembrar que a pesquisa possui uma margem de erro, ou seja, o número pode ser menor ou até mesmo maior.

Diante disso, é importante que as medidas de biossegurança continuem a ser adotadas por todos os brasileiros e que os cuidados sejam redobrados.

Fique bem informado com a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.