A volta dos que não foram? Ações da Oi sobem mais de 10%; entenda o motivo

Até a tarde desta terça-feira (18), na agenda do presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre Cordeiro Macedo, constava uma reunião para tratar da compra da Oi Móvel. Diante dessa expectativa, as ações da Oi chegaram a subir mais de 10%.

A volta dos que não foram? Ações da Oi sobem mais de 10%; entenda o motivo
A volta dos que não foram? Ações da Oi sobem mais de 10%; entenda o motivo (Imagem: Montagem/FDR)

A compra dos ativos móveis da OI seria por parte da Telefônica, Claro e TIM. Conforme a agenda do presidente do Cade, os executivos da área jurídica das quatro companhias estariam presentes na reunião.

Por conta dessa notícia, nas máximas diária, os papéis da Oi — em recuperação judicial desde 2016 — valorizaram mais de 13%. No entanto, o encontro não foi mais indicado no site. Em resposta ao InfoMoney, o Cade informou que a reunião foi cancelada.

De qualquer modo, os papéis da empresa registraram forte alta no fechamento do dia. As ações ordinárias (OIBR3) subiram 12,99%, a R$ 0,87. Já as ações preferenciais (OIBR4) valorizaram 8,82%, a R$ 1,48.

Em dezembro de 2020, via leilão judicial, a Oi vendeu a sua operação de telefonia móvel para o consórcio composto pela Vivo, Claro e TIM — pelo valor de R$ 16,5 bilhões. Após a compra de ativos da Oi, as empresas, juntas, teriam mais de 98% do mercado de dados móveis e voz.

Em novembro de 2021, a Superintendência do Cade recomendou a aprovação do negócio. Este acordo deve ser analisado pelo tribunal da autarquia.

Perspectivas sobre as ações da Oi

Conforme analistas consultados pelo Money Times, o mercado começa a precificar a aprovação do Cade da venda da Oi Móvel para o consórcio. O CEO da Box Asset Management, Fabricio Gonçalvez, destaca que “o volume de negociações da Oi é o triplo da média de outros dias”.

Na avaliação do analista da Levante, Flavio Conte, em termos de melhora da situação financeira, é fundamental para a Oi que haja aprovação da operação. Segundo ele, “se essa decisão sair, é uma ação que pode valer até R$ 3”.

Conforme o head de renda variável da Vitreo, Marcel Andrade, o papel tem capacidade para disparar. Contudo, ele afirma que o risco para se investir na tele é grande. De qualquer forma, Andrade alega que, a princípio, parece que o pior já passou.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.