Next alcança 10 milhões de clientes e quer oferecer mais empréstimos; saiba como solicitar

O banco digital next, começou o ano atingindo uma marca invejável. A fintech bateu a marca de 10 milhões de clientes e superou até mesmo as expectativas do presidente Renato Ejnisman. Ao assumir o cargo, em março do ano passado, Renato havia determinado uma meta de 7 milhões de clientes até o fim de 2021.

Esta meta determinada pelo presidente foi batida em setembro e o next continuou conquistando clientes. 

Os 10 milhões de clientes alcançados, respondem por um crescimento de 170% ao ano. Renato disse que o banco deseja manter o crescimento agressivo para aproximar a finetch de seus rivais. 

O next conseguiu dobrar sua quantidade de clientes no último semestre, pois no último dia 3 de junho, o banco estava comemorando a marca de 5 milhões de usuários. 

Na data, o banco disse “alcançarmos a marca de 5 milhões de clientes sinaliza que estamos no caminho certo”. 

“Nosso foco agora é o crescimento sustentável, com clientes engajados na experiência de usar o next ”, disse Rodrigo.

Porém, mesmo com esta importante marca alcançada, o next ainda está longe de bater de frente com seus concorrentes principais, como o Nubank, que possui 48 milhões de clientes e o Inter, com 14 milhões.

Porém, o presidente da fintech projeta que as novas funcionalidades lançadas pelo banco digital no último ano podem deixar esta competição mais acirrada. 

nextShop

A grande aposta do next no momento é a sua plataforma de compras lançada em novembro do ano passado, a nextShop. O banco digital também aposta em seu programa de cashback, agressivo para segurar os usuários na plataforma, oferecendo até 10% do valor das compras de volta para a conta dos clientes.

Empréstimos

Outra aposta importante do next é a de aumentar sua oferta de empréstimos. Ejnisman não cita números exatos, porém, diz que o banco dobrou sua carteira de crédito no último ano, ao passo que simultaneamente, viu a inadimplência cair 40%. “Apesar de estarmos abrindo espaço em novas frentes, a receita do crédito e também dos cartões vai continuar sendo muito importante para o Next e para todo o setor”, disse.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.