7 Perguntas e respostas sobre o abono salarial PIS/PASEP de 2022

Pontos-chave
  • De acordo com o Ministério do Trabalho, ao todo, 23 milhões de pessoas têm direito ao abono salarial;
  • O ano base a ser considerado não será o de 2021, mas apenas o de 2020;
  • O calendário de pagamentos começa dia 08 de fevereiro.

Finalmente, após ter sido pausado em 2021, o abono salarial PIS/PASEP voltará aos bolsos dos brasileiros. O Ministério do Trabalho e Previdência confirmaram nesta segunda-feira, 10, as datas de pagamento para esse ano, conforme foi ajustado com o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat​).

publicidade
7 Perguntas e respostas sobre o abono salarial PIS/PASEP de 2022
7 Perguntas e respostas sobre o abono salarial PIS/PASEP de 2022 (Foto: FDR)

O Programa de Integração Social (PIS) é destinado aos trabalhadores do setor privado do país. Enquanto que o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) liberado aos funcionários públicos.

De acordo com o Ministério do Trabalho, ao todo, 23 milhões de pessoas têm direito ao abono salarial. Desse todo, 22 milhões são recebedores do PIS, enquanto 1 milhão terão acesso ao PASEP.

publicidade

Para quem ainda está com dúvidas, confira um guia completo com as 7 principais perguntas e respostas sobre o abono PIS/PASEP de 2022.

Quem vai receber o abono salarial em 2022?

A grande expectativa para a liberação do salário era referente ao público recebedor do abono salarial. Diferente do que muitos pensavam, o ano base a ser considerado não será o de 2021, mas apenas o de 2020.

Ou seja, recebem apenas aqueles que trabalharam durante o ano de 2020. Quem trabalhou em 2021 vai precisar esperar um novo calendário. Além desse requisito, vão receber aqueles que:

  • Trabalhadores com carteira assinada;
  • Quem recebeu máximo de 2 salários mínimos por mês;
  • Quem trabalhou pelo período mínimo de 30 dias no ano-base de 2020;
  • Está inscrito no PIS-PASEP há pelo menos 5 anos;
  • Foi incluso na declaração de Relação Anual de Informações Sociais (Rais) feita pelo empregador.

Valor de pagamento do abono salarial PIS/PASEP

Embora seja relativo ao ano trabalhado em 2020, os valores são reajustados conforme o ano de pagamento. Logo, os trabalhadores terão acesso ao pagamento de no máximo R$ 1.212, conforme o salário mínimo de 2022.

Para receber a quantia total é necessário ter trabalhado pelo período mínimo de 12 meses no ano base, neste caso 2020. O mínimo a ser sacado será de R$ 101,00 equivalente a um mês de trabalho.

publicidade

Para saber o quanto vai receber, o cidadão deve fazer o seguinte cálculo:

  • Meses trabalhados em 2020 x R$ 101 (piso) = valor do abono salarial.

Por exemplo:

publicidade
  • 6 meses trabalhados x R$ 101 = R$ 606 de PIS/PASEP.

Os valores não se diferem para o funcionário público ou privado.

Calendário abono PIS/PASEP 2022

Os cronogramas são diferentes para cada programa. O PIS considera o mês de nascimento do trabalhador, e o PASEP o número final do benefício. Confira:

publicidade

Pagamentos do PIS:

Mês de nascimento Data de pagamento do PIS
Janeiro 08 de fevereiro
Fevereiro 10 de fevereiro
Março 15 de fevereiro
Abril 17 de fevereiro
Maio 22 de fevereiro
Junho 24 de fevereiro
Julho 15 de março
Agosto 17 de março
Setembro 22 de março
Outubro 24 de março
Novembro 29 de março
Dezembro 31 de março

Pagamentos do PASEP:

publicidade
Número final da inscrição Data de pagamento do Pasep
0 15 de fevereiro
1 15 de fevereiro
2 17 de fevereiro
3 17 de fevereiro
4 22 de fevereiro
5 24 de fevereiro
6 15 de março
7 17 de março
8 22 de março
9 24 de março

No dia 8 de fevereiro o valor será antecipado para os moradores dos estados de Minas Gerais e Bahia que foram atingidos pelas fortes chuvas.

Como fazer o saque

O recebimento do abono salarial deve ser feito diretamente em uma agência da Caixa Econômica ou casa lotérica para o PIS, e em uma unidade do Banco do Brasil ou Correios para o PASEP.

publicidade

No local, basta apresentar seu cartão de saque ou um documento oficial com foto. A grande vantagem do cartão é que o cliente evita a fila para o guichê de atendimento, e consegue receber seu dinheiro no caixa eletrônico. 

Consulta ao valor do benefício

Ainda não sabe o quanto vai receber? A consulta é bem simples e pode ser feita diretamente de um aparelho telefônico, para quem busca por mais rapidez.

Consultar o PIS:

publicidade

Consultar o PASEP:

publicidade

Esqueci de sacar o abono salarial PIS/PASEP, e agora?

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, no ano base de 2019, cujo pagamento aconteceu de 2020 até o primeiro semestre de 2021, pelo menos 320.423 pessoas não receberam seu abono salarial. 

O valor total disponível nos bancos é de R$ 208,5 milhões, e que poderão ser recebidos de forma retroativa no calendário deste ano. Basta seguir o mês de aniversário ou o número final do NIS.

O cidadão tem assegurado o direito de receber seu benefício pelo período de cinco anos, sempre jogando o pagamento para o próximo calendário quando ele não é recebido.

publicidade

Cotas PIS/PASEP

É importante que o cidadão saiba diferenciar o abono salarial da cota PIS/PASEP. Estas cotas são referentes aos trabalhadores que atuaram de 1971 até 04/10/1988, e foram registrados neste sistema. Normalmente, pessoas com registro em carteira.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Neste caso, o valor que está congelado fica disponível para saque nas seguintes situações:

  • Aposentadoria;
  • Idade igual ou superior a 60 anos;
  • Invalidez (do participante ou dependente);
  • Transferência para reserva remunerada ou reforma (no caso de militar);
  • Idoso e/ou portador de deficiência alcançado pelo Benefício da Prestação Continuada;
  • Neoplasia Maligna – Câncer – (participante ou dependente);
  • SIDA/AIDS (do participante ou dependente);
  • Doenças listadas na Portaria Interministerial MPAS/MS 2.998/2001 (participante ou dependente);
  • Morte do participante
publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.