SISU, PROUNI e FIES: 10 formas de encontrar a graduação que mais combina com você

Pontos-chave
  • O resultado da nota do exame está prevista para 11 de fevereiro de 2022;
  • Descubra como identificar o curso de graduação que mais tem haver com seu perfil;
  • Tenha essa certeza antes de fazer sua inscrição nos programas federais.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi aplicado em dois dias de novembro. Com a nota do exame é que os interessados poderão buscar uma vaga no curso superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), o Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

publicidade

No segundo dia do exame houve abstenção de 29,9%, com a participação de 2,18 milhões de candidatos. Algo que não era visto desde a edição de 2004.

Nos próximos dias 9 e 16 de janeiro uma nova fase do Enem será aplicada, e inclusive os locais de prova já podem ser consultados. Dessa vez, poderão participar aqueles que conseguiram a reaplicação por não conseguir participar da primeira fase.

Além das pessoas privadas de liberdade, no Enem PPL, e aqueles que ganharam isenção após o prazo, mesmo que não tenham participado da edição de 2020.

publicidade

Por conta disso, o resultado da nota do exame está prevista para 11 de fevereiro de 2022. A partir disso é que os candidatos poderão usar seu mais recente desempenho nos programas estudantis.

SISU

Oficialmente, o cronograma para o primeiro semestre do ano ainda não foi divulgado. No SISU, os candidatos conseguem se inscrever em universidades públicas usando a nota do Enem. As inscrições são sempre no site do sistema. 

Todos aqueles que fizeram a edição mais recente do exame podem participar, independente de terem cursado o ensino médio na rede pública ou privada. No entanto, existe o sistema de cotas que reserva uma parcela das vagas para candidatos vindos da rede pública, negros, pessoas com deficiência e indígenas.

Conforme informado no blog do Vestibular, os cinco cursos mais concorridos dentro do SISU são:

  1. Medicina;
  2. Direito;
  3. Odontologia;
  4. Engenharia Aeronáutica;
  5. Psicologia.

As informações são da edição mais recente do processo seletivo.

ProUni

Enquanto isso, o ProUni é um programa que permite bolsas de estudos de 50% a 100% em instituições privadas. Para concorrer a uma vaga integral, os candidatos devem comprovar renda máxima per capita de até 1,5 salário mínimo.

publicidade

Para conseguir a bolsa de 50% o sistema aceita aqueles com ganhos máximos de 3 salários mínimos por pessoa da família. Nos dois casos é necessário ter estudado na rede público. E tudo precisa ser comprovado com documentação. 

Recentemente, o governo federal anunciou possíveis mudanças no programa. A ideia é que até mesmo quem estudou no ensino médio da rede privada possa concorrer a uma vaga do Prouni.

Fies

No Fies os candidatos podem financiar seu curso superior em uma rede privada de ensino. Para quem comprovar renda de até 3 salários mínimos per capita, os juros de financiamento são zero. 

publicidade

Nos outros casos, os juros vão depender do banco usado para o financiamento. As inscrições estão liberadas para aqueles que participaram a partir da edição de 2010 do Enem.

Dicas para encontrar a graduação que combina com você

Agora que você já conhece os programas federais para entrada no curso superior, deve decidir o curso que mais combina com seu perfil. Confira dez dicas que podem te ajudar:

  1. Faça testes vocacionais, dessa forma você vai descobrir qual área tem mais haver com as suas convicções;
  2. Considere as suas habilidades, reveja tudo que você tem mais proximidade. Por exemplo, matemática, letras, ciências;
  3. Estude os cursos da sua preferência, considere os assuntos que são trabalhados no curso, o mercado de trabalho e a concorrência;
  4. Visite profissionais que estão na mesma área, aproveite para conversar sobre o mercado, sobre a faculdade, os prós e contras do dia a dia;
  5. Faça uma lista de prioridades de cursos, e vá excluindo as opções conforme estuda sobre as outras;
  6. Pesquise sobre o salário da profissão escolhida, já que este pode ser um fator importante após a sua formação;
  7. Converse com seus amigos e familiares, eles podem te ajudar a perceber no que você é bom;
  8. Peça a opinião dos seus professores, academicamente falando são eles que te conhecem melhor e sabem suas habilidades educacionais;
  9. Vá a feiras de profissões e projetos, normalmente oferecidas pelas universidades estas feiras vão te ajudar a decidir o que combina mais com seu perfil;
  10. Considere o seu coração, no fim das contas a única pessoa que vai fazer essa graduação e atuar no mercado é você. Logo, suas preferências é que são as mais importantes.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.