4ª dose vem aí? Israel começa a fazer testes com o segundo reforço da vacina da Covid-19

Campanha de vacinação contra o novo coronavírus deve ganhar nova dose. Nessa semana, o Centro Médico Sheba, localizado em Israel, deu início a um estudo que avalia a eficiência de uma quarta aplicação do imunizante que combate a covid-19. Até o momento, 150 pessoas estão passando pela fase de testes. Entenda mais.

A campanha de vacinação contra o novo coronavírus permanece em realização mundial. No Brasil, nesse momento, parte significativa da população já está tendo acesso a terceira dose. No entanto, espera-se que em 2022 uma quarta aplicação aconteça.

Israel testa validade de uma quarta dose de vacina

Nessa segunda-feira (27), o Centro Médico Sheba passou a aplicar a quarta dose da vacina em 150 médicos que fazem parte de um estudo clínico. A pesquisa está sendo realizada em parceria com o Ministério da Saúde de Israel, atuando com foco nos profissionais de medicina que foram vacinados pela última vez em agosto.

“Este estudo é muito importante porque teremos dados iniciais em alguns dias sobre a eficiência”, disse a diretora da unidade de epidemiologia e doenças infecciosas do hospital, Gili Regev-Yochay.

É válido ressaltar que o premiê israelense, Naftali Bennett, está incentivando a aplicação da quarta dose, devido a ampliação do contágio pela nova variante ômicron. Somente no último domingo (16), foram contabilizados 1.760 casos, gerando assim um alerta nas autoridades sanitárias.

A equipe de especialistas que vem atuando no combate à pandemia informou que não medirá esforços para conter o vírus. Ran Balicer, chefe do comitê consultivo de especialistas nacionais de Israel sobre a resposta à Covid-19, disse que o país deve autorizar a quarta dose até mesmo antes da publicação dos resultados totais da pesquisa.

O medicamento deverá ser aplicado com foco nas pessoas com imunodeficiência primária grave, HIV ou aids, em quimioterapia contra câncer, a transplantados e em hemodiálise, entre outras doenças e condições clínicas.

Vacinação no Brasil

Sem previsão de concessão da quarta dose, o Brasil nesse momento enfrenta a incerteza da vacinação para crianças. Apesar da aprovação da Anvisa, o governo federal se manifestou contra a medida informando que estaria colocando a vida dos mais novos em risco.

No entanto, não há nenhuma comprovação de que o medicamento seja maléfico para esse grupo.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.