Nova taxa de juros do INSS; como ficam os antigos e novos empréstimos consignados?

Pontos-chave
  • O governo mudou as taxas de juros do empréstimo consignado;
  • Esses novos juros estão valendo para os novos contratos;
  • Os aposentados e pensionistas tem o desconto realizado direto na folha de pagamento.

O governo federal aumentou o teto de juros do crédito consignado para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Assim, o valor passou a ser maior para aqueles que contratarem. Mas e os antigos contratos?.

Nova taxa de juros do INSS; como ficam os antigos e novos empréstimos consignados?
Nova taxa de juros do INSS; como ficam os antigos e novos empréstimos consignados? (Foto: FDR)

A nova taxa de juros do empréstimo pessoal será de 2,14% ao mês, contra os atuais 1,80%. Já nas operações realizadas com cartão de crédito, o teto passa de 3% para 3,06% ao mês.

Os juros do consignado estavam inalterados desde março de 2020, em que o governo havia anunciado uma redução nos módulos de crédito para dar mais recursos aos aposentados e pensionistas para atenuar os efeitos da pandemia do coronavírus.

O que é o empréstimo consignado?

Essa modalidade de empréstimo será descontada diretamente do contracheque da pessoa que tomar o empréstimo. Ela possui algumas das menores taxas de juros do mercado por conta do baixo risco de inadimplência.

Como ficam os contratos antigos?

Os empréstimos contratados anteriormente continuaram com as taxas de juros que foram contratadas. A regra atualizada vale apenas para os novos contratos que terão os novos juros determinados pelo governo.

Quantos empréstimos o segurado pode ter?

Até 31 de dezembro, os segurados do INSS também seguem podendo ter até 9 empréstimos pessoais consignados ativos de instituições diferentes ao mesmo tempo, desde que não ultrapassem o limite de 40% do valor do benefício.  Antes disso, o limite era restrito a 6 contratos ativos.

Prazo de pagamento 

A ampliação do parcelamento do crédito consignado passou para 84 meses, ou seja, 7 anos e o prazo anterior era de até 72 meses, ou seja, 6 anos.

Como funciona o crédito consignado?

A cobrança das parcelas do empréstimo consignado não é feita por desconto em conta corrente ou através de um boleto bancário, como em outros tipos de empréstimo. 

Onde é realizado o desconto do empréstimo?

O desconto é realizado diretamente do benefício INSS de aposentados e pensionistas ou do salário de funcionários públicos ou privados.

O valor disponível para contratação no crédito consignado deve estar dentro do valor máximo do salário que pode ser comprometido para pagamento das mensalidades.

Qual a documentação necessária para contratar?

Para contratar o empréstimo, os segurados devem apresentar os seguintes documentos:

  • RG 
  • CPF 
  • comprovante de residência atualizado
  • comprovante de renda mais recente

Vantagens 

Uma das vantagens do consignados é a taxa de juros inferior às demais linhas oferecidas no mercado. A taxa máxima de juros do empréstimo é de 1,80% ao mês e a dívida pode ser parcelada em 84 meses. A solicitação do empréstimo deve ser feita em situações emergenciais.

Como bloquear a contratação de empréstimo?

No aplicativo ou site Meu INSS há uma opção para que o beneficiário bloqueie a contratação de empréstimos consignados.

  • Acesse o Meu INSS (pelo site https://meu.inss.gov.br ou aplicativo)
  • – Faça login com CPF e senha
  • – Na tela inicial, clique em “Ver mais”, embaixo do menu “Outros serviços”
  • – Selecione a opção “Empréstimo (bloqueio/desbloqueio)”
  • – Clique em “Avançar” e, na tela seguinte, novamente em “Avançar”
  • – Informe seus dados pessoais e previdenciários
  • – Na opção 2 (onde se lê “Marque a seguir a opção que deseja”), clique em “Bloqueio para empréstimo”
  • – Ao término do processo, vá em “Avançar”

Cuidado com os golpes

Os golpes acontecem quase sempre, quando os criminosos entram em contato por telefone, encaminham alguma mensagem no whatsapp. Nessa mensagem contém seu nome, CPF, valor do contrato e simulação de operação.

Caso peça para enviar por e-mail e um contato para retorno, eles enviam, mas não possuem atendimento presencial que é um ponto a se desconfiar.

Contato telefônico

Os golpes acontecem quase sempre, quando os criminosos entram em contato por telefone, encaminham alguma mensagem no whatsapp. Nessa mensagem contém seu nome, CPF, valor do contrato e simulação de operação.

Caso peça para enviar por e-mail e um contato para retorno, eles enviam, mas não possuem atendimento presencial que é um ponto a se desconfiar.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.