Autorizado! Veja quando crianças de 5 a 11 anos receberão vacina da Covid-19

Nesta quinta-feira, 16, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a aplicação da vacina da Covid-19 em crianças na faixa etária de 5 a 11 anos de idade. A decisão foi tomada após uma avaliação técnica a pedido da farmacêutica Pfizer no dia 12 de novembro.

publicidade

Portanto, serão ministradas doses da Pfizer em uma quantidade reduzida a um terço para essas crianças. Além do mais, os frascos do imunizante serão diferenciados com a cor laranja, para facilitar a distinção entre a dosagem a ser aplicada em adultos. 

De acordo com o diretor-geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes, existem evidências científicas capazes de comprovar que a aplicação de duas doses da vacina da Covid-19 em crianças entre 5 e 11 anos, pode ser eficaz na prevenção contra a doença. 

É importante destacar que a vacina da Covid-19 não inibe 100% a contaminação do vírus, no entanto, reduz drasticamente seus efeitos no organismo, evitando o agravamento do quadro e impedindo que resulte em óbitos. Diante da autorização, agora cabe ao Ministério da Saúde iniciar os preparativos sobre a vacinação em crianças, que segue sem nenhuma previsão. 

publicidade

Além do que, também é preciso agilizar a compra de novas doses da vacina da Covid-19, pois as doses para uso pediátrico ainda não estão disponíveis no Brasil. Também ainda não há informações sobre a necessidade de as crianças receberem uma dose de reforço.

“Vamos acompanhar ao longo do tempo, à medida que a vacinação for avançando”, declarou Gustavo Mendes. Em complemento, o presidente do Departamento de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria e diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Renato Kfouri, lembrou que a taxa de mortalidade de crianças na faixa etária mencionada em decorrência da Covid-19 é elevada.

“Só a Covid-19, nessa população em especial – crianças e adolescentes – mata mais do que todas as doenças do calendário infantil somadas, juntas, anualmente”, reforçou Kfouri.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O médico ainda explicou que o percentual de mortes entre pessoas com menos de 20 anos de idade é de apenas 0,4%, mas muitas pessoas não têm consciência de que este percentual representa o óbito de mais de 2,500 crianças e adolescentes de um total de 600 mil mortes que já foram registradas no país. Seguindo esta lógica, dentro do período de dois anos, esse total de mortes irá superar todo o calendário infantil.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.