Supermercados europeus suspendem importação de frigoríficos brasileiros; quais ações podem ser impactadas?

Seis grupos varejistas europeus restringiram a importação de carne de alguns frigoríficos brasileiros. A decisão aconteceu após supostas novas descobertas que relacionam a produção de gado e o desmatamento na Amazônia, Pantanal e Cerrado. A informação foi levantada pela Bloomberg.

Entre os grupos varejistas da Europa que suspenderam a importação de carne bovina do Brasil, está o Carrefour, na Bélgica, e a Sainsbury’s, de Londres.

A Mighty Earth, uma organização sem fins lucrativos sediada em Washington, e pesquisadores do Repórter Brasil, um grupo de pesquisa independente, identificaram a carne brasileira relacionada ao desmatamento até as varejistas europeias em forma de charque, cortes nobres frescos e carne enlatada.

Supostas irregularidades de frigoríficos brasileiros

Segundo Nico Muzi, diretor da Mighty Earth para a Europa, a marca de charque Jack Link’s possui uma joint venture com a JBS — para a produção de salgadinhos de carne bovina para exportação para os Estados Unidos e Europa.

De acordo com ele, as instalações da JBS que produzem carne seca estão relacionadas ao desmatamento.

As supostas irregularidades estão ligadas a fornecedores indiretos de gado para a JBS SA, maior exportadora de carne bovina mundial; a Marfrig Global Foods SA, a segunda maior exportadora; e a Minerva SA, maior exportadora para a América do Sul — de acordo com o relatório.

Estes fornecedores indiretos são fazendeiros que criam gado para comercializar para outros produtores, que, após isso, vendem para os frigoríficos.

Pelo lado das empresas, os empacotadores de carne têm implantado algumas medidas. Em 2020, a JBS e Marfrig anunciaram novos sistemas e ferramentas de rastreamento — para buscar melhorar o cumprimento das normas.

Em nota, a JBS afirma que “não aprova nenhum tipo de desrespeito ao meio ambiente, às comunidades indígenas ou à legislação brasileira”. Segundo ela, no ato da compra, todas as propriedades do fornecedor direto já cumpriam com os protocolos de abastecimento responsável da companhia.

A Minerva alega que os fornecedores indiretos não fazem parte de sua lista de fornecedores. Ainda foi dito que as fazendas que vendem gado diretamente à companhia não estão vinculadas ao desmatamento.

Diante dessa notícia, a cotação das ações da JBS (JBSS3), Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) podem ser afetadas na Bolsa.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.