Via anuncia programa de recompra de ações, mas BTG rebaixa preço de ativo

Nesta terça, 7, a Via anunciou a aprovação pelo seu conselho de administração, da abertura de um programa de recompra de ações de até 18 milhões de ações da empresa, o que equivale a até 1,12% do total de ações de emissão. 

A empresa comprará as ações de própria emissão, sem reduzir o capital social e poderá mantê-las na tesouraria e em outro momento as alienar, cancelar, ou usá-las para liquidar obrigações resultantes de programa de ações restritas e opções de compra de ações.

De acordo com a Via, a finalidade desta recompra de ações é fazer frente aos programas de incentivo a longo prazo e para reter os principais executivos da empresa.

O período máximo para liquidação das aquisições é de 18 meses que começaram a contar ontem, 6 e segue até 7 de junho de 2023. Segundo a Via, as operações serão suportadas pelo montante global das reservas de capital.

A administração da empresa irá decidir o momento e a quantidade de ações que serão compradas, obedecendo os limites determinados na regulamentação aplicável.

BTG revê recomendação para Via

A Via está entre as maiores quedas do Ibovespa em 2021. O cenário macro do Brasil devido a alta da inflação, dos juros crescentes e do desemprego em alta  é desfavorável para o negócio da empresa.

O BTG considera que a situação da empresa está mais complicada do que outras como Americanas e Magazine Luiza.

Enquanto as ações da Americanas e as ações da Magalu receberam recomendação de compra, com preço-alvo a R$ 45,00 e R$ 16,00, respectivamente, as ações da Via, por sua vez, receberam uma recomendação neutra, com preço-alvo de R$ 8,00.

“Nosso ajuste de rating para neutro é baseado em uma combinação de perspectiva competitiva, superexposição ao segmento de eletrônicos/eletrodomésticos e as incertezas com relação às provisões futuras e monetização de créditos fiscais em seu balanço, o que poderia afetar a capacidade da empresa de investir no crescimento de sua operação”, explicou o BTG em relatório.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.