IPVA 2022: Piauí anuncia calendário de pagamentos e descontos de 15%

O Governo do Piauí divulgou nesta segunda-feira, 6, o calendário de pagamentos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2022. De acordo com a publicação, os proprietários de veículos ainda terão direito a descontos entre 5% a 15% caso decidam efetuar a contribuição em cota única. 

publicidade
IPVA 2022: Piauí anuncia calendário de pagamentos e descontos de 15%
IPVA 2022: Piauí anuncia calendário de pagamentos e descontos de 15%. (Imagem: FDR)

O calendário de pagamentos do IPVA de 2022 foi devidamente publicado no Diário Oficial do Estado, tornando-o válido para o próximo exercício. O cronograma segue a Instrução Normativa nº 002, de 2021, da Unidade de Administração Tributária (UNATRI).

Desta forma, o IPVA do Piauí deverá ser pago nas seguintes datas:

publicidade
  • 31 de janeiro de 2022, em cota única, com desconto de 15%
  • 28 de fevereiro de 2022, em cota única, com desconto de 10%
  • 31 de março de 2022, em cota única , com desconto de 5%

Quem optar pelo parcelamento do imposto terão os seguintes prazos:

  • 31 de março de 2022, a 1º (primeira) cota, quando parcelado;
  • 29 de abril de 2022, a 2º (segunda) cota, quando parcelado;
  • 31 de maio de 2022, a 3º (terceira) cota, quando parcelado.

No caso da taxa de renovação do licenciamento anual dos veículos usados, o recolhimento deve ser feito até o dia 31 de março de 2022. É importante explicar que as datas se referem aos últimos dias úteis de cada mês. 

O boleto para pagamento do IPVA no Estado do Piauí pode ser emitido por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), ou pela página da Secretaria de Fazenda (Sefaz).

IPVA

O IPVA é um tributo estadual, instituído pelas unidades federativas, cujo valor arrecadado é direcionado ao Tesouro Nacional. Qualquer cidadão que possua um veículo como carro, moto, caminhão, ônibus, van ou micro-ônibus, está sujeito a esta contribuição.

publicidade

O montante se trata do dinheiro responsável por custear as despesas estaduais, bem como, investimentos em obras e serviços. É importante ressaltar que o governante tem o direito de definir quais os gastos mais necessários, sem que precise ser aplicado exclusivamente no recapeamento de estradas ou malha viária.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Do produto arrecadado, 50% é destinado ao Estado e os outros 50% ao município onde o veículo estiver licenciado, inscrito ou matriculado. No final, o dinheiro é recebido pelos Estados e Distrito Federal através das Secretarias de Fazenda. Cabe a cada unidade federativa, estabelecer a alíquota que incidirá sobre o IPVA.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.