Prepare-se! Conta de luz vai subir 19% a partir do próximo ano

A conta de luz já subiu muito no país neste ano de 2021, porém, os brasileiros devem se preparar, pois no próximo ano o tributo continuará subindo e vai pesar ainda mais no bolso das famílias.

publicidade
Prepare-se! Conta de luz vai subir 19% a partir do próximo ano
Prepare-se! Conta de luz vai subir 19% a partir do próximo ano (Foto: FDR)

De acordo com a TR Soluções, empresa especializada em tarifas de energia, no ano que vem a conta de luz deve ter um reajuste de 19%. A maior parte desse aumento, de 12%, será por conta da alta nos custos da geração de energia, em decorrência da seca.

Essa é a pior seca em 90 anos no país e provocou o acionamento de usinas térmicas para suprir a demanda por energia elétrica. Por essas usinas serem mais caras, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu que seria realizada uma cobrança de uma taxa extra na conta de luz, a bandeira tarifária.

publicidade

Previsão de déficit nas contas

De acordo com a TR Soluções, o valor arrecadado com a bandeira não está cobrindo todos os custos, no mês de setembro o rombo já era de R$9,87 bilhões. Em 2022, esse déficit deve aumentar para R$17,8 bilhões.

Neste ano, o reajuste acumulado na conta de luz para o consumidor residencial chega a 7%.

Qual a causa da conta não fechar?

O rombo na conta começou no ano passado, por conta da pandemia, a Aneel suspendeu a aplicação de taxa extra, como uma forma de aliviar a conta de luz dos consumidores que já estavam em uma situação de dificuldade por conta da pandemia. Por isso, começou o ano com um déficit de R$3,1 bilhões. 

Neste ano, a Aneel realizou um reajuste no valor das bandeiras amarela, vermelha patamar 1 e vermelha patamar 2, deixando os valores mais altos. 

A bandeira vermelha, que estava em vigor, teve um aumento de 52%, mas segundo a área técnica da Aneel esse reajuste deveria ter sido ainda maior. Sendo assim, mesmo com o reajuste, esse valor não cobriu os custos extras da geração de energia. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Nova bandeira

No mês de agosto, a Aneel criou uma nova bandeira denominada de escassez hídrica. Essa taxa é ainda mais cara, o valor é de R$ 14,20 por 100 kWh consumidos. Esse valor está em vigor atualmente.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.