Governo cria benefício compensatório entre salários do Auxílio Brasil e Bolsa Família

O governo federal deu início ao pagamento do Auxílio Brasil neste mês, e foi criado um benefício compensatório entre os salários do novo programa e do Bolsa Família.

publicidade
Governo cria benefício compensatório entre salários do Auxílio Brasil e Bolsa FamíliaGoverno cria benefício compensatório entre salários do Auxílio Brasil e Bolsa Família
Governo cria benefício compensatório entre salários do Auxílio Brasil e Bolsa Família (Foto: FDR)

A mensalidade média aprovada será de R$ 217 por segurado, o abono pode ser reajustado para quem era vinculado ao BF.

A criação do auxílio tem como intenção dar fim ao programa Bolsa Família. Para não ter uma mudança drástica foi adotada pelo governo um Benefício Compensatório de Transição, que será destinado para os beneficiários do Bolsa Família e que terão reajustes de valores no novo projeto.

publicidade

Como será realizado os reajustes das mensalidades?

O pagamento será feito enquanto a família estiver vinculada no Cadastro Único sendo realizado enquanto a família estiver vinculada ao Cadastro Único e não ter acesso ao mesmo valor que recebia no programa Bolsa Família.

Esse reajuste está sendo aplicado mensalmente e pago de acordo com o limite de um benefício por família.

Esse pagamento será realizado apenas em novembro, já que de dezembro em diante o valor será igual ao do Auxílio Brasil, sendo assim, na segunda rodada de pagamento em diante todos estarão na mesma média financeira.

Para realizar o cálculo da compensação é preciso levar em consideração:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

  • o valor total dos benefícios do Auxílio Brasil ficar igual ou maior que o valor recebido pela família no Bolsa Família
  • até que a família não atenda mais os critérios de elegibilidade do benefício
  • quando a família deixar de atender os critérios de permanência no Auxílio Brasil

Será realizada uma revisão do benefício a cada 6 meses e a revisão de elegibilidade para receber o auxílio será realizada todos os meses.

publicidade

Calendário do Auxílio Brasil

Final do NIS Novembro Dezembro
1 17/nov 10/dez
2 18/nov 13/dez
3 19/nov 14/dez
4 22/nov 15/dez
5 23/nov 16/dez
6 24/nov 17/dez
7 25/nov 20/dez
8 26/nov 21/dez
9 29/nov 22/dez
0 30/nov 23/dez

Lista dos benefícios do Auxílio Brasil

  • Benefício Primeira Infância: pago às famílias com crianças entre zero e 36 meses incompletos;
  • Benefício Composição Familiar: pago às famílias com jovens até 21 anos;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: complemento financeiro para as famílias que recebem benefícios, mas que mesmo assim, a renda familiar per capita não supera a linha de pobreza extrema;
  • Bolsa de Iniciação Científica Junior: 12 parcelas mensais pagas a estudantes beneficiários do Auxílio Brasil com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas;
  • Auxílio Criança Cidadã: benefício pago aos chefes de família que consigam emprego e não encontrem vagas em creches para deixar os filhos de 0 a 48 meses;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: pago por até 36 meses aos agricultores familiares inscritos no CadÚnico;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: para beneficiários do Auxílio Brasil que comprovem que têm emprego com carteira assinada;
  • Benefício Compensatório de Transição: pago aos atuais beneficiários do Bolsa Família que perderem parte do valor recebido por conta das mudanças trazidas pelo novo programa;
  • Auxílio Esporte Escolar: destinado a estudantes entre 12 e 17 anos que sejam membros de famílias beneficiárias e que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.