IPVA cobrado em SP ficará 30% mais caro no seu bolso em 2022

No próximo ano, os proprietários de veículos irão sofrer com aumento no IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores). No estado de São Paulo, por exemplo, o tributo deve ficar 30% mais caro, comparado a este ano.

IPVA cobrado em SP ficará 30% mais caro no seu bolso em 2022
IPVA cobrado em SP ficará 30% mais caro no seu bolso em 2022 (Imagem: montagem/FDR)

O IPVA é calculado com base na tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) e as alíquotas que incide sobre o tipo de veículo. A tabela registra o valor venal dos veículos, de acordo com os dados coletados entre fevereiro e julho do ano base. Já as alíquotas variam conforme o estado.

O IPVA de 2022 será mais caro que neste ano, devido ao aumento no preço dos veículos novos, seminovos e usados. Segundo a tabela Fipe, o preço dos os automóveis zero-quilômetro subiram 19,9%, devido a diversos fatores, como a paralisação na produção de veículos por falta de componentes.

Diante disso, o IPVA de 2022 deve sair mais caro para os brasileiros. A estimativa, para o estado de São Paulo é que o tributo tenha uma elevação de 30%. O imposto começará a ser cobrado a partir do mês de janeiro.

Os proprietários de veículos automotores do estado de São Paulo podem calcular o valor do IPVA 2022. Para isso, basta acessar a tabela Fipe, consultando o valor do seu veiculo e multiplicar pela alíquota do estado.

Para veículos zero quilômetro é considerado o valor da nota fiscal. O estado de São Paulo isenta do pagamento do tributo os proprietários de veículos com 20 anos ou mais da fabricação.

O valor arrecadado com o tributo é dividido pela entre o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), estado e o município onde o proprietário do veículo residir.

Dessa maneira, 20% vão para o Fundeb, 40% da arrecadação vão para o Estado e 40% para o município. Esse recurso pode ser aplicado nas melhorias das estradas e ruas, mas também em outras áreas, como a saúde, a educação, infraestrutura e a segurança pública.

Geralmente, o estado de São Paulo permite que os proprietários paguem o IPVA em cota única ou parcelado em até três vezes. O contribuinte que optar pelo pagamento antecipado, em cota única, tem 10% de desconto no valor.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.