13° salário está na conta! Formas certeiras de usar seu dinheiro extra

Por lei, a primeira parcela equivalente a 50% do valor do 13° salário deve ser depositada ainda nesta terça-feira (30) para todos os trabalhadores que são registrados no regime CLT. A empresa também pode optar pelo pagamento integral do abono, nesse caso, também previsto para a data de hoje, 30.

13° salário está na conta! Formas certeiras de usar seu dinheiro extra neste ano
13° salário está na conta! Formas certeiras de usar seu dinheiro extra neste ano (Imagem FDR)

Nas redes sociais, os brasileiros já começaram a se manifestar sobre o pagamento. Considerando que esta é uma oportunidade de ter uma renda extra logo no final do ano, temporada em que existem uma série de gastos.

No Twitter, por exemplo, os internautas comemoraram:

“Essa semana tem salário e 13° na conta, cartão vira, cesta de Natal da empresa. Nunca tive depressão”, brincou um usuário.

Outros reclamaram pelo fato de que o estagiário não tem direito ao pagamento. Enquanto isso, grande parte dos usuários reforçaram que o décimo terceiro é um direito do trabalhador, e não um presente da empresa.

Inclusive, ele funciona como se fosse uma recompensa pela 5ª semana trabalhada em alguns meses e que não é considerada no valor final do salário bruto. Por isso, no cálculo desse valor são inclusas as horas extras.

Quer saber quanto você vai ganhar? Faça uma simulação do seu 13° salário por aqui!

A segunda e última parcela do décimo terceiro será paga em dezembro, tendo o dia 20 como previsão final.

Formas inteligentes de usar o 13° salário

Pensando nesse momento, o FDR entrevistou a porta-voz e educadora financeira da Acordo Certo, Bruna Alleman, sobre as maneiras mais interessantes para fazer uso do dinheiro.

Bruna é especialista em finanças e investimentos, atuando há mais de 12 anos no mercado.

  • Qual porcentagem do 13° salário o trabalhador deve reservar para quitar suas dívidas?

Antes de definir o percentual que será para pagar dívidas, o trabalhador deve observar como anda sua vida financeira como um todo. Consulte seu CPF no site do Consumidor Positivo e da Acordo Certo. Anote todas suas dívidas e veja as melhores negociações.

Agora faça um planejamento para quitar elas de uma forma parcelada ou à vista, o que couber na sua situação financeira. Lembrando que a ordem para quitar as dívidas são: Serviços Essenciais (água, luz e gás, por exemplo), Financiamento de Imóvel e Automóvel, Cartão de Crédito e Cheque Especial e por último, Serviços não Essenciais (internet, telefone, TV por assinatura, etc).

Definido isso, veja o quanto isso vai consumir do seu 13º e o quanto você consegue guardar para as contas de início de ano. Se você se encontra em um grau de endividamento, pense que IPVA, IPTU e material escolar, assim como matrícula de escola, vem no início do ano e você precisa aproveitar um pouco desse dinheiro também para não começar o ano com novas dívidas.

A inteligência é exatamente encontrar esse equilíbrio de transformar seu 13º em várias possibilidades de pagamento para sair das dívidas u não entrar nelas em 2022.

Falando em percentual, separe 50% para quitar dívidas e 50% para te ajudar nas despesas extras de começo de ano. Isso já pode te ajudar a ter um norte. Sendo que esse 5% corresponde não só as dívidas à vista, como também os parcelamentos das negociações.

  • E se o valor da dívida for maior que o abono pago no 13°, qual a solução indicada?

O problema não é o valor total da dívida e sim as parcelas de negociação. A Acordo Certo por exemplo tem dívidas para negociação em até 60x com parcelas de R$ 60,00.

Portanto, inteligência. Quitar tudo à vista e continuar endividado ou com os mesmos hábitos não vai ajudar. A negociação está aí para isso, fazer seu dinheiro render na hora de se organizar para quitá-las.

  • Para quem recebe o valor em duas parcelas, vale a pena separar o uso em prioridades diferentes? 

Vale desde que o trabalhador tenha consciência que pagando as parcelas da sua negociação e utilizando parte para o lazer não vai comprometer as próximas parcelas dele. A dívida é uma obrigação financeira como qualquer outra.

As vezes vale muito mais você abrir mão de algumas coisas hoje para quitar sua dívida do que uma diversão que não vai te ajudar a sair desta situação.

  • Aos que recebem o 13° pela primeira vez, o que devem considerar na hora de gastar esse valor?

Esse valor deveria ser para você organizar suas finanças e fazer parte da sua poupança. Assim como para você adquirir alguns pequenos luxos que seu salário não te proporcionou ao longo do ano.

Vemos muitos trabalhadores contando com isso todos os anos para quitar suas dívidas ou como uma bonificação pessoal de poder simplesmente gastar. Mas vamos pensar assim: se você não tem nenhuma reserva financeira ou poupança, será que não está na hora de reservar de 50 a 70% desse dinheiro? Criar novos hábitos, gastar menos do que deveria porque o dinheiro acaba?.

Considere também o que você precisa, necessita e o que pode ser deixado para depois. temos um bordão: dinheiro na mão é vendaval. Então trace objetivos futuros para ele. Não gaste pensando apenas no hoje. E reveja seus hábitos.

Como foram seus gastos ao longo do ano? Por que você precisa tanto desse dinheiro? Você teve gastos inteligentes ao longo do ano ou consumiu o que não deveria, gastou de uma forma compulsiva? Se atente o que te faz gastar para aprender a gastar e guardar com inteligência emocional.

  • Quais as formas mais inteligentes de usar o pagamento do abono? 

Guardar pelo menos 50% dele para sua reserva de emergência, 25% dele para começar a investir ou mesmo fazer aquele curso de capacitação que pode te fazer ter um aumento de salário, melhorar seu trabalho e te fazer evoluir profissionalmente. E no máximo 25% para você gastar com nossos luxos de fim de ano.

Nós precisamos ter dinheiro para nosso lazer, viagem programada etc. Mas a prioridade é ter o suficiente guardado também para conseguir ao longo do tempo realizar seus sonhos e também em uma eventual dor de barriga financeira, não se endividar. E o dinheiro guardado e investido te ajuda a conquistar tudo isso.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Redação
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.