Auxílio Mineiro fará pagamento extra de R$ 600 para grupo selecionado

O governo de Minas Gerais anunciou o pagamento de mais uma parcela do Auxílio Mineiro neste mês de novembro. O benefício de R$ 600 foi liberado para as famílias contempladas entre os dias 14 e 29 de outubro.

publicidade

O Auxílio Mineiro foi pago no mês de outubro, porém, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese), muitas famílias não conseguiram sacar o benefício por problemas documentais que impediram a abertura de conta.

De acordo com a Sedese, cerca de 20 mil pessoas deixaram de receber o Auxílio Mineiro por esses problemas. Diante disso, a Secretaria informou que está solucionando esses problemas para realizar o pagamento do benefício na última semana de novembro.

Dessa maneira, o pagamento do Auxílio Mineiro em novembro não se trata de uma nova parcela. “O pagamento extraordinário só será feito para famílias que ainda não receberam o Auxílio Emergencial Mineiro”, informa a Sedese em nota.

publicidade

O Auxílio Emergencial Mineiro foi pago para mais de um milhão de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas do Governo Federal (CadÚnico) até o dia 22 de maio de 2021.

O foco foram as famílias consideradas em situação de extrema pobreza, ou seja, que tenham uma renda per capita familiar mensal de até R$ 89,00. Os pagamentos iniciaram no dia 14 de outubro, tendo como público as famílias consideradas prioritárias ao benefício.

Dessa maneira, receberam as famílias que não eram beneficiárias do Bolsa Família e famílias que eram constituídas por mães solteiras. Esse grupo recebeu o Auxílio mineiro até o dia 21 de outubro, de forma escalonada, conforme o mês de nascimento.

Os demais beneficiários receberam entre os dias 22 e 29 de outubro, também de forma escalonada.

Os mineiros podem consultar a lista dos contemplados no site Auxílio Emergencial Mineiro. Para isso, é necessário informar o Número do CPF ou o Número de Identificação Social (NIS) e a data de nascimento.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O número do NIS pode ser conferido no Cartão Cidadão, no Cartão do Programa Bolsa Família ou então no site Meu CadÚnico. A Sedese informa que, em caso de erro da data de nascimento, o benefício deve procurar o CRAS para saber qual data de nascimento foi registrada no ato da inscrição.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.