Renda Passiva: É vantajoso? O que você precisa fazer para ter a sua o quanto antes?

Renda é todo o tipo de receita financeira. De forma bem simples, toda forma de ganho financeiro pode ser chamada de renda, seja ela renda passiva ou ativa. E para a maioria das pessoas, a única e principal fonte de renda é o salário.

Ou seja, a maior parte das pessoas obtém dinheiro dando em troca um tempo dedicado à execução de um trabalho. No final das contas usamos nosso tempo de vida a fim de pagar por itens de necessidade e desejo.

Contar com apenas uma fonte de renda para garantir o custo de vida é algo arriscado. Caso ela venha a faltar, pode-se no máximo recorrer ao seguro desemprego ou à reserva de emergência, mas ambos apenas por um prazo determinado. 

Por isso, é importante pensar em diferentes fontes de renda e, assim, criar uma proteção maior contra os imprevistos. Em síntese, existem dois tipos de renda mais comuns: a renda ativa e a renda passiva.

Renda ativa

A renda ativa pode ser gerada tanto a partir de uma fonte renda principal como também de uma fonte de renda extra. Por exemplo: salário, pró-labore, bônus, comissões, bolsas de estudo, vendas, etc.

No entanto, a renda ativa sempre dependerá do seu tempo, esforço e trabalho.

E o grande risco de depender apenas desse tipo de renda reside justamente na impossibilidade de controlar a ocorrência de doenças, demissões, acidentes ou até mesmo pandemias que lhe impeçam de dedicar o mesmo montante de tempo e esforço ao trabalho. 

E é por isso que você deve buscar formas de gerar rendas passivas. 

Renda passiva

A renda passiva nada mais é que uma renda que não depende diretamente de você para o dinheiro cair em conta. Ou seja, você recebe independente de ter trabalhado ativamente por ela. 

Em geral, este tipo de renda exige certo esforço inicial, mas, a tendência é que com o tempo você não precise mais trabalhar por ela.

Esse tipo de rendimento está comumente relacionado à independência financeira, já que o dinheiro é quem passa a trabalhar para você.

Existem dois tipos de renda passiva mais comuns:

  • Renda passiva com capital: você aplica um valor em dinheiro e recebe uma renda passiva, que é o rendimento do montante investido.
  • Renda passiva sem capital: nesse caso, a renda é obtida por outros meios, como direitos de imagem, direitos autorais ou pensões.

O que fazer para gerar uma renda passiva?

Para alcançar a renda passiva, é necessário focar no longo prazo e estar disposto a dedicar-se a um trabalho árduo por um grande período de tempo até que ela seja construída.  

O primeiro passo para começar a construir sua renda passiva é definir uma meta que contemple o montante que pretende-se receber mensalmente e daqui a quanto tempo.

E então, definir quanto é preciso investir para chegar no objetivo desejado e confirmar se este valor está alinhado com as suas possibilidades atuais. Caso contrário, é preciso ajustar a meta. 

É essencial fazer um planejamento financeiro e avaliar os riscos de cada opção para se alcançar a renda passiva desejada.

Contemple ações para minimizar possíveis prejuízos, como, por exemplo, não concentrar em um único investimento.

O tempo é o maior aliado. Quanto antes começar a construção da sua renda passiva, mais rápido alcançará os resultados esperados. 

E quanto mais tempo os recursos puderem ficar aplicados, maior será o valor da renda. Comece o quanto antes. 

Cuidado com promessas de ganho de dinheiro de forma milagrosa e mais ainda com as pirâmides financeiras. Não esqueça que a renda passiva tem o foco no longo prazo e depende de planejamento, esforço e tempo.

Nem sempre a renda passiva está ligada a investimentos financeiros. Alguns exemplos são receita de aluguel, royalties, direitos autorais e patentes, lucros, dividendos, juros, rendimentos, aposentadoria, etc.

Algumas alternativas de investimentos: aplicações no mercado financeiro; franquias; compra de imóveis; incorporação imobiliária; infoprodutos; etc.

Apesar de diferentes, é recomendável que as rendas passiva e ativa caminhem juntas, afinal de contas, você precisa ter uma renda ativa para conquistar a renda passiva. Dinheiro faz dinheiro!

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Karem Ochsendorf
Formada em Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações, e graduanda em Filosofia. Atualmente, pesquisa e trabalha como Educadora Financeira com mais de 10 anos de experiência no mercado. No FDR, possui sua própria coluna com dicas e orientações sobre como lidar com as finanças de maneira positiva.