Temporada de balanços: Saiba quanto lucraram Ambev, Movida e mais

Pontos-chave
  • Diversas empresas apresentaram resultados positivos no terceiro trimestre;
  • O lucro líquido trimestral da Movida foi sete vezes melhor do que o mesmo período de 2020;
  • O Banco Inter conseguiu reverter o prejuízo registrado há um ano.

Recentemente, diversas empresas divulgaram os resultados obtidos no terceiro trimestre de 2021. Nesta temporada de balanços, também foram divulgados os faturamentos. Saiba quanto faturaram Ambev, Movida e outras grandes empresas.

Temporada de balanços: Saiba quanto faturaram Ambev, Movida e mais
Temporada de balanços: Saiba quanto faturaram Ambev, Movida e mais (Imagem: Montagem/FDR)

Temporada de balanços: Ambev (ABEV3)

No terceiro trimestre deste ano, a Ambev teve lucro líquido de R$ 3,712 bilhões. Essa quantia é 57,4% acima do mesmo período do ano passado. Na ocasião, o lucro havia sido de R$ 2,359 bilhões.

Entre os motivos, este resultado recente se deve à estratégia de atratividade do portfólio de marcas e dos investimentos — no desenvolvimento de longo prazo.

A cervejeira teve receita líquida de R$ 18,492 bilhões. Na base anual, o aumento foi de 20,8%. A Ambev destaca que este foi o maior volume registrado em um terceiro trimestre.

A receita por litro teve alta de 12,1%. A companhia alega que isso se deve às iniciativas de premiumização, inovação e gestão de receitas.

Movida (MOVI3)

A Movida registrou lucro líquido de R$ 259,4 milhões no terceiro trimestre de 2021. O número foi sete vezes acima do obtido no mesmo período do ano anterior.

A empresa de aluguel de automóveis teve receita líquida de R$ 1,6 bilhão. Em relação ao mesmo trimestre de 2020, houve um reajuste de 52,1%.

Sobre a receita líquida de aluguéis, a quantia registrada foi de R$ 730,6 milhões — valor 85,1% melhor na comparação com o terceiro trimestre anterior. A empresa conta com uma frota total de 168 mil carros.

Santander (SANB11)

Entre julho e setembro, o Santander Brasil teve lucro gerencial de R$ 4,340 bilhões. Na comparação com o mesmo período de 2020, houve um avanço de 12,5%. Já em relação ao trimestre imediatamente anterior, a melhora foi de 4,1%.

Com relação ao lucro societário, o ganho foi de R$ 4,272 bilhões. Em relação ao mesmo trimestre do ano passado, a elevação foi de 12,1%. A instituição financeira obteve margem financeira bruta de R$ 14,617 milhões. Este número foi 8,9% acima do registrado no terceiro trimestre de 2020.

As receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias chegaram a R$ 4,831 bilhões. Em 12 meses, o aumento foi de 13,4%. Sobre as despesas gerais, o valor registrado foi de R$ 5,480. Neste caso, houve um avanço de 7,4% em 12 meses.

Banco Inter (BIDI11)

No terceiro trimestre, o Banco Inter teve um lucro líquido de R$ 19,2 milhões. Há um ano, a instituição financeira tinha registrado um prejuízo de R$ 8,1 milhões.

De acordo com a companhia, a diferença tem relação com o aumento nas receitas de crédito e das transações no marketplace. O saldo de provisão para perdas esperadas com inadimplência foi de 2,5% da carteira. Já o índice de inadimplência acima de 90 dias ficou em 2,8% da carteira.

No encerramento trimestral, o Banco Inter tinha 13,9 milhões de clientes. Houve uma alta de 94% em 12 meses. Deste total, 7,9 milhões eram considerados clientes ativos.

Telefônica Brasil (VIVT3)

A Telefônica Brasil teve lucro líquido de R$ 1,315 bilhão no terceiro trimestre. O desempenho foi 8,5% melhor do que o reportado no mesmo período de 2020.

A companhia de telecomunicações argumenta que a evolução da última linha do balanço ocorre, principalmente, por conta da alta da receita — e pelo controle dos custos da operação.

A receita líquida da Telefônica Brasil avançou 2,2% na comparação anual, para R$ 11,033 bilhões. A companhia alega que isso acontece devido à aceleração na receita de serviço móvel e retomada do crescimento na receita fixa.

Gerdau (GGBR4)

Neste terceiro trimestre, a Gerdau registrou lucro líquido de R$ 5,59 bilhões. Na comparação anual, o resultado indica uma elevação de 604%. Já em relação ao segundo trimestre, a evolução foi de 42%.

A receita líquida foi de R$ 21,3 bilhões. Isto representa uma alta anual de 74%. Na comparação com o trimestre imediatamente anterior, houve um aumento de 11%. Ao considerar o acumulado dos nove primeiros meses deste ano, a receita líquida conta com crescimento de 88%.

No terceiro trimestre, ocorreu uma alta na produção do aço — na comparação com o mesmo período do ano anterior. Também houve maiores volumes vendidos nas principais operações de negócio da Gerdau. No trimestre, a companhia manteve o uso da capacidade de produção em cerca de 80%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.