São Paulo anuncia novo intervalo no calendário das doses da vacina Pfizer

O Governo do Estado de São Paulo (SP) decidiu antecipar o intervalo no calendário de doses da vacina Pfizer. De agora em diante, os cidadãos paulistas devem aguardar 21 dias entre a primeira e a segunda dose, uma antecipação de oito semanas. 

A decisão foi tomada com base nas instruções da própria bula da vacina Pfizer, no intuito de ampliar a proteção das pessoas imunizadas, bem como a cobertura vacinal do Estado de São Paulo.

A medida irá contemplar cerca de dois milhões de pessoas com 18 anos de idade ou mais que já receberam a primeira dose e estão na espera para concluir o esquema vacinal. 

Esta é mais uma estratégia estabelecida pelo Plano Estadual de Imunização (PEI), e já está em vigor desde esta terça-feira, 19. Na oportunidade, a coordenadora geral do PEI, Regiane de Paula, declarou que o governo estadual já distribuiu integralmente as doses da vacina Pfizer em todos os municípios paulistas. 

O quantitativo será capaz de concluir a vacinação dos adultos, motivo pelo qual foi firmado o acordo de reduzir o intervalo de aplicação entre as doses da vacina Pfizer junto ao Cosems.

Agora, com o objetivo de estimular a adesão à campanha de vacinação, a Secretaria de Estado de Saúde de SP (SES-SP) junto à Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), começaram a enviar mensagens de texto informando sobre a alteração no calendário. 

As mensagens serão enviadas para os números de celular cadastrados no portal Vacina Já, plataforma por onde os cidadãos paulistas precisaram fazer um pré-cadastro para serem imunizados.

As notificações também irão abranger o e-mail com informações completas sobre a vacinação, como as recomendações de documentação a ser apresentada na ocasião. 

Mas vale ressaltar que na situação do cidadão que já recebeu a primeira dose da vacina Pfizer, basta ele conferir a data mencionada na etiqueta da etapa inicial e contar 21 dias. Se este período for completado, basta se dirigir ao posto de vacinação mais próximo para completar o esquema vacinal.

Enquanto isso, a imunização de adolescentes que é feita com o mesmo imunizante, segue com o intervalo de oito semanas entre cada dose. 

Desde que iniciou a campanha de vacinação, o Estado de São Paulo já aplicou mais de 69 milhões de doses, entre elas a vacina Pfizer, bem como a AstraZeneca, CoronaVac e Janssen.

Portanto, 84,17% da população adulta de SP já completou o esquema vacinal com um dos imunizantes mencionados. As informações são do Vacinômetro, atualizado em tempo real. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.