Bolsa Família paga última parcela de R$ 375,00 do auxílio emergencial nesta semana

Pontos-chave
  • O governo vai pagar a última parcela do auxílio emergencial este mês;
  • Após esse pagamento, deve iniciar o auxílio Brasil;
  • Os valores variam até R$375.

A partir desta semana, o governo vai pagar a última parcela do auxílio emergencial para os beneficiários do Programa Bolsa Família. Após sete parcelas de pagamento, esses beneficiários serão automaticamente transferidos para outro programa.

Bolsa Família paga última parcela de R$ 375,00 do auxílio emergencial nesta semana
Bolsa Família paga última parcela de R$ 375,00 do auxílio emergencial nesta semana (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Calendário do Bolsa Família para outubro

A última parcela será paga no mês de outubro. Veja o calendário com as datas:

  • NIS com final 1: 18 de outubro
  • NIS com final 2: 19 de outubro
  • NIS com final 3: 20 de outubro
  • NIS com final 4: 21 de outubro
  • NIS com final 5: 22 de outubro
  • NIS com final 6: 25 de outubro
  • NIS com final 7: 26 de outubro
  • NIS com final 8: 27 de outubro
  • NIS com final 9: 28 de outubro
  • NIS com final 0: 29 de outubro

Como fazer o saque do dinheiro?

O saque pode ser realizado no Caixa eletrônico, saiba como fazer:

  • No caixa eletrônico, selecione “Saque Auxílio Emergencial”;
  • Digite seu CPF e confirme;
  • Digite o código de seis números gerado no aplicativo Caixa Tem e confirme;
  • Escolha um valor e aperte “entra”;
  • Assim, é só esperar o dinheiro para retirar.

Como realizar saque sem o cartão?

Os beneficiários pode realizar o saque do seu benefício sem o cartão:

  • O saque é feito sem cartão, então clique no botão “Entra” do teclado do caixa eletrônico.
  • Clique no botão “Saque Auxílio Emergencial”.
  • Digite o número do seu CPF e clique no botão “Confirmar”.
  • Informe o código de seis dígitos que foi gerado no aplicativo Caixa Tem e aperte o botão “Confirmar”.
  • Escolha um valor para saque e aperte o botão “Entra”.
  • Aguarde a liberação do dinheiro.
Bolsa Família paga última parcela de R$ 375,00 do auxílio emergencial nesta semana
Bolsa Família paga última parcela de R$ 375,00 do auxílio emergencial nesta semana (Imagem: Pronatec)

Como gerar o código no Caixa Tem?

O código é utilizado para o saque, ele pode ser encontrado no aplicativo Caixa Tem:

  • Na poupança digital do aplicativo, selecione saque e informe o valor;
  • O código gerado deve ser anotado para ser utilizado em um caixa eletrônico ou unidade de Casas Lotéricas no momento do saque.

O que fazer com o dinheiro antes de poder sacar?

Com o dinheiro na conta Poupança Social Digital, os beneficiários podem fazer pagamentos e compras online. A movimentação pode ser realizada através do cartão de débito virtual, disponível no app Caixa TEM.

Com a liberação do saque, os beneficiários também podem fazer transferência bancária para qualquer banco, gratuitamente. Entretanto, o Caixa TEM possui as seguintes limitações mensais: R$600 por transferência, R$1.200,00 por dia e R$5 mil mensais, sendo três transferências a cada mês.

Além disso, no Caixa TEM são permitidos dois saques e dois extratos impressos. Porém, com o app existe a possibilidade de consultar o extrato quantas vezes quiser. As transferências para contas da Caixa Econômica Federal são ilimitadas.

Não fui incluído na prorrogação do auxílio emergencial, o que fazer?

Quem teve o auxílio emergencial negado em 2021, tinha o prazo de até o dia 3 de julho para efetuar a solicitação de revisão do benefício. Mas, entre diversas reclamações em relação ao sistema que estava fora do ar, muita gente não conseguiu pedir a correção. 

Quem perdeu o prazo para contestar o auxílio emergencial deverá aguardar a abertura de um novo período. Isso por causa do pente fino no benefício que o governo faz mensalmente, verificado pela Dataprev a fim de analisar eventuais inconsistências ou irregularidades no pagamento do benefício.

Auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi criado no ano passado para ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade no enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Inicialmente, seriam pagas apenas cinco parcelas e o valor seria de acordo com a composição familiar. Porém, por conta do recrudescimento da pandemia, o governo definiu que iria realizar o pagamento por mais dois meses, ou seja, até outubro de 2021.

Auxílio Brasil

Após o fim do auxílio emergencial, os planos do governo é de implantar o Auxílio Brasil no lugar do Bolsa Família.

Qual o objetivo da criação do Novo Bolsa Família?

O Novo Bolsa Família é a expansão do programa desenvolvido em 2003 pelo ex-presidente Lula (PT). Com o intuito de desvincular da gestão petista, que vai concorrer à eleição de 2022, o atual governo também irá renomear para Auxílio Brasil.

O que irá mudar?

O objetivo do presidente Bolsonaro e de sua equipe é aumentar o número de beneficiários e o valor médio de pagamento, sendo que atualmente é de R$192. O chefe do executivo já disse que o novo programa vai pagar mensalmente R$300. Para isso, serão criados novos benefícios:

  • Benefício Primeira Infância: voltado às famílias com crianças entre zero e 36 meses incompletos;
  • Benefício Composição Familiar: direcionado às famílias com jovens até 21 anos;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: complemento financeiro destinado às famílias que recebem benefícios, mas que mesmo assim, a renda familiar per capita não supera a linha de pobreza extrema;
  • Bolsa de Iniciação Científica Junior: 12 parcelas mensais pagas a estudantes beneficiários do Auxílio Brasil que apresentem bom desempenho em competições acadêmicas e científicas;
  • Auxílio Criança Cidadã: benefício pago aos chefes de família que consigam emprego e não encontram vagas em creches para deixar os filhos de 0 a 48 meses;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: pago por até 36 meses aos agricultores familiares cadastrados no CadÚnico (Cadastro Único);
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: para beneficiários do Auxílio Brasil que comprovem que possuem emprego com carteira assinada;
  • Benefício Compensatório de Transição: pago aos atuais beneficiários do Bolsa Família que perderem parte do valor recebido devido às mudanças trazidas pelo novo programa;
  • Auxílio Esporte Escolar: destinado a estudantes entre 12 e 17 anos que sejam membros de famílias beneficiárias e que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.