Novos golpes aplicados sobre pensões e aposentadorias do INSS preocupa

Os segurados que recebem os benefícios pagos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) devem estar atentos aos golpes aplicados pelas pessoas para tentar tirar o dinheiro do seu benefício.

Golpes mais comuns aplicados sobre pensões e aposentadorias do INSS
Golpes mais comuns aplicados sobre pensões e aposentadorias do INSS (Foto: FDR)

Muitas dessas fraudes se originam do vazamento de dados, esse é um problema que até o INSS já reconheceu.

De posse dessas informações, as quadrilhas possuem os contatos das vítimas e sabem o benefício que elas recebem. Com isso, eles conseguem mais credibilidade em seus alvos, o que facilita a fraude.

Golpes mais comuns contra beneficiários do INSS

  • Empréstimos consignado sem autorização

Os dados dos segurados já estão em sua posse e eles utilizam isso para contratar empréstimos consignados sem que a vítima tenha autorizado. Assim, o dinheiro vai direto para a quadrilha.

  • Golpe dos atrasados

Os golpistas se passam por advogados enviando uma carta para o segurado informando que ele tem um dinheiro para receber atrasado.

Na carta, é informado que para receber o dinheiro, a vítima deve, primeiro, fazer um depósito aos supostos advogados; o pagamento seria para arcar com as custas processuais.

  • Aumento por meio de revisão do INSS

Os golpistas se passam por advogados e dizem que o segurado pode receber um aumento no valor do benefício que recebe, por meio de algum tipo de revisão que pode ser realizada pelo segurado.

Mas, em troca disso, eles pedem dinheiro ou acabam fazendo com que as vítimas passem seus dados pessoais e ligados aos seus benefícios.

  • Falso pente fino

Um dos golpistas liga para os segurados e se passa por funcionária do INSS. Assim, ele diz que está sendo realizado um pente fino e o segurado deve pagar uma certa quantia para evitar que o seu benefício seja suspenso ou cortado.

  • E-mails falsos

São criados e-mails falsos se passando por um canal oficial do INSS e enviam mensagens a vítimas, informando que há problemas envolvendo seu benefício.

Na mensagem há um link em que o segurado é estimulado a clicar, com a intenção de que esse link solucione o problema.

Clicando no link, a vítima tem os dados roubados e, em posse dessas informações, os criminosos podem cometer uma série de fraudes nos benefícios do segurado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA