São Paulo começa nova fase da vacinação contra COVID-19 nesta segunda (4)

A partir desta segunda-feira, 4, todos os profissionais da saúde e idosos com mais de 60 anos poderão fazer parte da nova etapa da campanha de vacinação do Estado de São Paulo (SP). Isso porque, o governo paulista liberou a aplicação da dose de reforço para este grupo.

São Paulo começa nova fase da vacinação contra COVID-19 nesta segunda (4)
São Paulo começa nova fase da vacinação contra COVID-19 nesta segunda (4). (Imagem: Diário do Nordeste)

A previsão de inclusão dos profissionais de saúde na campanha já havia sido anunciada pelo governador de São Paulo, João Doria, desde o dia 29 de setembro.

Desde então, a administração estadual esteve se preparando para a vacinação integral desse público, composto por um milhão de pessoas que atuam tanto no setor público quanto privado.

A imunização com a dose de reforço contra a Covid-19 para idosos na faixa etária de 60 a 69 anos também já estava prevista para acontecer com base no cronograma de vacinação estadual.

É importante mencionar que a dose de reforço se destina aos profissionais da saúde e idosos na faixa etária mencionada que tiverem tomado as duas doses ou a dose única há, pelo menos, seis meses.

A aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 no Estado de São Paulo ocorrerá gradativamente e de maneira escalonada, tal como aconteceu até agora.

A vacinação com a dose de reforço teve início no dia 6 de setembro com os idosos com 90 anos ou mais. Até o momento, 58% da população paulista já concluiu o esquema vacinal com as duas doses iniciais e seguem para o reforço.

Vale mencionar, que a inclusão dos profissionais da saúde como grupo prioritário foi oficializada somente após a Prefeitura de São Paulo enviar um ofício ao governo do estado e ao Ministério da Saúde. 

De acordo com a administração municipal de SP, houve um aumento entre 10% a 15% no número de contaminações e afastamentos de trabalhadores já vacinados na capital paulista, fato que motivou o aval para a inclusão da categoria na campanha de vacinação

A prioridade a ambos os grupos foi dada através do Plano Nacional de Imunização (PNI) que os classificou como principal grupo de risco e de atuação na linha de frente em combate à Covid-19.

De acordo com  o ministro da Saúde, o intuito da vacinação de reforço é se precaver da variante Delta que já circula pelo Brasil. 

Veja a seguir o atual calendário de vacinação de São Paulo:

  • Para a primeira dose, adolescentes a partir de 12 anos;
  • Para a dose de reforço, imunossuprimidos com mais de 18 anos, que tomaram a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos 28 dias;
  • Para a dose de reforço, idosos com mais de 60 anos que tomaram a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos 6 meses.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA