Covid-19: Minas Gerais anuncia data para concluir vacinação de adolescentes

Depois da polêmica sobre a vacinação contra Covid-19 para adolescentes em todo o Brasil, Minas Gerais irá realizar a imunização de todos os jovens entre 12 e 17 anos entre o fim de setembro e o começo de outubro. A divulgação foi realizada pelo secretário estadual de saúde, Fábio Baccheretti, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (23), na Cidade Administrativa.

Minas Gerais prevê fim da vacinação de adolescentes neste mês de outubro
Minas Gerais prevê fim da vacinação de adolescentes neste mês de outubro (Imagem: G1)

A vacina da Pfizer é segura para aplicar em adolescentes

Ele disse que o Ministério da Saúde efetuou a emissão da nota técnica a fim de corrigir a previsão realizada há mais de uma semana de não imunizar os adolescentes, exceto os que tinham comorbidades. 

Desta forma, a orientação é para que todos possam ir aos postos de saúde para continuar a aplicação de doses.

Muitas cidades de Minas já haviam começado o processo com as vacinas em excesso.

“É um excelente momento de acalmar as mães de adolescentes. Houve decisões de suspensão da vacinação, mas a Anvisa avaliou que não é problema. O risco de qualquer efeito colateral é pequeno. A doença continua sendo mais perigosa que o efeito da vacina. A vacina é segura e deve ser dada também às crianças. A Pfizer já mostrou que é segura a vacinação em crianças”, disse Baccheretti.

A escolha do grupo prioritário será particular de cada município

Ele disse que as cidades terão de escolher qual grupo será prioritário com o intuito de acelerar a vacinação:

“A deliberação feita em 3 de setembro permite ao município escolher qual grupo é o mais importante. Temos que lembrar que cada município tem seu caso. Teremos doses disponíveis nas duas semanas para vacinar todos os adolescentes a partir de 12 anos”.

Doses da Pfizer são entregues ao estado

O secretário também informou que o estado recebeu doses da Pfizer do Ministério da Saúde a fim de concluir a vacinação de adultos e acelerar a imunização dos adolescentes. O imunizante é, até o momento, o único autorizado para a aplicação em pessoas de 12 a 17 anos.

“É questão de semanas para que possamos concluir a dose de reforço em idosos acima de 70 anos e vacinarmos os adolescentes”, disse.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA