Passaporte da vacina foi ironizado por Eduardo Bolsonaro ao contrair COVID-19

Na última sexta-feira (24), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) confirmou, por meio de sua conta no Twitter, que foi diagnosticado com a COVID-19. O anúncio veio após viajem aos Estados Unidos na comitiva do presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), que aconteceu na última semana.

Passaporte da vacina foi ironizado por Eduardo Bolsonaro ao contrair COVID-19
Passaporte da vacina foi ironizado por Eduardo Bolsonaro ao contrair COVID-19 (Imagem: Alan Santos/PR)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) anunciou que está com COVID-19. O parlamentar viajou aos Estados Unidos na comitiva de seu pai, o presidente Bolsonaro. A viajem ocorreu para a abertura da Assembleia Geral da ONU (Organização as Nações Unidas).

Durante o anúncio, em sua rede social, o parlamentar afirmou que está realizando o tratamento contra a doença, mas não informou mais detalhes. Porém, aproveitou o post para questionar a eficácia da vacina contra a COVID-19.

Segundo Eduardo Bolsonaro, ele havia tomado a primeira dose da vacina da Pfizer e mesmo assim teve contaminação por COVID-19.

“Sabemos que as vacinas foram feitas mais rápidas do que o padrão. Tomei a primeira  dose de Pfizer e contraí Covid. Isso significa que a vacina é inútil? Não creio.”

O parlamentar também aproveitou o anúncio para criticar a exigência do comprovante de vacinação para entrarem em alguns locais. Segundo ele, a ineficácia da vacina “é mais um argumento contra o passaporte sanitário”.

Eduardo não foi o único diagnosticado com COVID-19, outros membros da família Bolsonaro testaram positivo. O próprio presidente da república está com a doença, mais uma vez, assim como os seus filhos Flávio e Jair Renan.

Após voltar de viagem aos Estados Unidos, na última quarta (22), o presidente entrou em isolamento. Bolsonaro teve contato com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que foi diagnosticado com a doença ao pousar no Brasil.

O isolamento foi recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a toda comitiva presidencial que acompanhou Bolsonaro aos EUA.

A Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto informou que o presidente e sua esposa, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, realizaram um novo teste para Covid-19 no domingo (26) e que o resultado foi negativo.

No mesmo dia, outros quatro ministros, que integraram a comitiva do governo brasileiro e cumpriam o isolamento, anunciaram o resultado negativo no teste para a Covid-19. São eles:

• Anderson Torres, da Justiça;
• Gilson Machado Neto, do Turismo;
• Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria Geral;
• Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA