Novos juros de financiamento da casa própria anunciados pela CAIXA Econômica

A Caixa Econômica Federal anunciou uma redução na taxa de juros do crédito imobiliário. Essa redução aconteceu em uma modalidade específica de financiamento habitacional, o crédito Poupança Caixa.

Novos juros de financiamento da casa própria anunciados pela CAIXA Econômica
Novos juros de financiamento da casa própria anunciados pela CAIXA Econômica (Imagem: Exame)

Hoje, a Caixa oferece quatro modalidades de financiamento da casa própria: crédito com taxa fixa de juros, crédito com correção pela Taxa Referencial (TR), financiamento corrigido pela inflação (IPCA).

E o crédito Poupança Caixa, em que a taxa de juros tem uma parte fixa, determinadas pelo banco e uma outra variável, que corresponde à remuneração da poupança.

Essa taxa fixa cobrada pelo banco sofreu uma redução de 3,35% ao ano (a.a.) para 2,95% a.a. Sendo assim, o crédito Poupança Caixa passa a ser 2,95% a.a + rendimento da poupança. 

Já os juros variável, o rendimento da poupança corresponde a 70% da Taxa Selic, a taxa básica de juros, atualmente em 6,25%.

O crédito nessa modalidade terá correção de 6,62% a.a., se considerarmos o valor da Selic vigente no momento. 

No dia 4 do próximo mês, os clientes já vão conseguir as simulações com as novas condições da linha de crédito imobiliário Poupança Caixa, tanto pelo aplicativo Habitação Caixa ou diretamente no site do banco. As contratações da nova taxa terão início em 18 de outubro. 

De acordo com o presidente do Banco, Pedro Guimarães informou que:

“A selic no patamar que está hoje te dá um ganho muito grande, porque a nossa captação, tirando a poupança, é 70%, 80% do CDI. A gente não capta 100% porque tem o spread. Logo, quanto maior a Selic, maior o meu ganho, não é linear, mas eu tenho uma gordura. Por causa disso, vamos reduzir o spread, especificamente na linha que nós criamos há pouco tempo de poupança “mais alguma coisa”. Esse “mais alguma coisa”, hoje, com o aumento da taxa de juros, mostra que a gente tem espaço para reduzir“, explicou o presidente.

Hoje, a carteira de crédito habitacional tem um volume de  R$ 534,6 bilhões, com 5,8 milhões de contratos, o que representa 67,3% de todo o financiamento imobiliário concedido no país.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA