Agibank muda de novo, faz super lançamento e divulga planos para o futuro

O Agibank está de cara nova. O banco resolveu tirar o “bank” do nome e aproveitou para lançar uma grande novidade. No último dia 31 de agosto, o Agi lançou seu superapp, que inclui uma plataforma de investimentos e um marketplace de produtos financeiros e não financeiros.

Agibank muda de novo, faz super lançamento e divulga planos para o futuro
Agibank muda de novo, faz super lançamento e divulga planos para o futuro (Imagem Agibank)

Ao site NeoFeed, o fundador do Agibank, Marciano Testa, disse que com Agi passando a frente de todo o negócio, a empresa começa a ter acesso a todos os perfis de clientes, de todas as classes sociais e idades.

Agi Investimentos 

Uma das novidades é a plataforma de investimentos que recebeu o nome de Agi Investimentos e, que já de início conta com 650 produtos financeiros.

Entre os fundos que já estão sendo oferecidos estão títulos de renda fixa, remessas internacionais, câmbio via delivery, entre outros.

Agi Compras

Já o marketplace Agi Compras já possui cerca de 300 lojistas parceiros. “Começamos há algumas semanas, com testes, e já foram milhões e milhões de reais em compras”, disse Testa. A projeção é ter R$ 200 milhões em valor bruto de mercadorias (GMV) todo mês.

A expetativa do banco é se aproximar ainda mais dos clientes através dos novos serviços oferecidos. “São R$ 11 bilhões em folha de pagamento por ano. Os clientes usam esse dinheiro. E agora podem usar na plataforma”, afirmou Testa.

Com o lançamento do superapp, o Agi não deixará de lado uma tradição do banco: o foco no trabalho presencial. A instituição que possui 820 lojas físicas espalhadas em todo o país, em municípios com mais de 100 mil moradores, busca executar um trabalho de assessoramento aos clientes, que geralmente, estão pouco acostumados com o mundo digital, como o público com mais de 50 anos.

A vontade, nesta nova fase, é chegar em cidades menores e a todo tipo de público que residem em locais com pouco avanço da digitalização.

“O Brasil não se resume a São Paulo. Há pessoas que precisam de uma assessoria, por exemplo, para baixar o aplicativo e saber como vincular o salário ao aplicativo. Em geral, precisamos de 5, 6, 7 atendimentos presenciais até que os clientes possam andar com as próprias pernas”, afirmou Testa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA