13º salário: Quando vale a pena antecipar? Bancos liberam parcela com taxas

Pontos-chave
  • A antecipação do 13º possui uma das menores taxas do mercado;
  • É recomendável que o empréstimo seja solicitado em momentos de dificuldades;
  • As taxas e demais condições de contratação variam conforme o banco.

O recebimento do 13º salário tem sido um dos momentos mais aguardados do ano por muitas pessoas. Por motivos diversos, alguns decidem antecipar esse pagamento, via contratação de empréstimo oferecido pelos bancos. Neste caso, entenda quando vale a pena antecipar o 13º salário.

13º salário: Quando vale a pena antecipar? Bancos liberam parcela com taxas
13º salário: Quando vale a pena antecipar? Bancos liberam parcela com taxas (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Normalmente, as empresas pagam o 13º salário no final do ano, em uma ou duas parcelas. Ainda existem casos de empresas que pagam com maior antecedência. De qualquer modo, há pessoas que não querem esperar esse tempo e gostariam de ter acesso ao dinheiro antecipadamente.

Como forma de atender a este público, alguns bancos oferecerem a modalidade de crédito de antecipação do 13º. Por se tratar de um empréstimo, o solicitante deve devolver o dinheiro, com o acréscimo de juros.

Pelo fato de que as empresas possuem um prazo limite para realizar o pagamento do benefício aos funcionários, as taxas cobradas pelos bancos são menores — já que é mais provável receber de volta a quantia emprestada. Por conta disso, essa é uma das linhas de crédito mais baratas no mercado.

Entenda quando vale a pena antecipar o 13º salário

Primeiramente, é importante entender que essa opção se trata de um empréstimo. Por mais que as taxas sejam menores, o devedor precisará pagar os juros previstos.

Devido a isso, a solicitação desse crédito é recomendável em caso de necessidade. Como exemplos de emergências, está o pagamento de dívidas com taxas de juros maiores do que as cobradas para a antecipação, endividamentos que podem levar à perda de algum bem ou inadimplência, e problemas de saúde.

Caso a pessoa queira contratar a antecipação para gastos supérfluos e imediatos, a indicação é de esperar a chegada efetiva do 13º salário. Em momentos como a Black Friday, muitos são tentados a gastar mais. No entanto, essa decisão pode dificultar as finanças no longo prazo.

De modo geral, antes de decidir pela antecipação do 13º, o interessado deve realizar um planejamento financeiro. Mesmo que o dinheiro seja útil imediatamente, por exemplo, pode fazer falta no final do ano. Sendo assim, a pessoa precisa ver a viabilidade de pagar os valores.

Os interessados em antecipar o benefícios devem avaliar a situação financeira antes do contrato
Os interessados em antecipar o benefícios devem avaliar a situação financeira antes do contrato (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Exemplos de bancos que oferecem a antecipação do 13º salário

Para que o cidadão possa solicitar essa modalidade de empréstimo, é preciso receber a remuneração pela respectiva instituição financeira de interesse. Descubra detalhes da antecipação do 13º oferecidas por alguns bancos do país:

  • Santander: o banco libera até 100% do valor do 13º salário. O pagamento acontece apenas quando a pessoa receber o 13º, com data limite de 20/12. Assim, que acontecer a aprovação, o dinheiro é depositado diretamente na conta. Não há pagamento de tarifas — apenas taxas de juros e IOF.
  • Itaú: assim que ocorrer a aprovação, o dinheiro é liberado, com pagamento em dezembro. O pagamento acontece em parcela única, com desconto diretamente na conta do cliente. A disponibilidade vale para quem recebe o salário pelo Itaú. As taxas podem ser verificadas pelos interessados antes da contratação.
  • Banco do Brasil: o banco permite a antecipação de até 80% do 13º do salário, aposentadoria ou pensão. O valor limite é de R$ 20 mil. O crédito é liberado no momento da contratação. O pagamento acontece em parcela única no recebimento do 13º ou no vencimento do contrato, o que ocorrer primeiro. As taxas de juros podem variar entre 1,99% a.m. e 4,83% a.m.
  • Bradesco: a instituição possibilita a antecipação de até 100% do 13º do salário ou benefício do INSS. O valor mínimo é de R$ 200 e o máximo é de R$ 50 mil. O crédito é imediato em conta corrente, sem comprovação de uso. O pagamento é em parcela única com vencimento limitado a 20/12. A taxa de juros, o valor e demais condições variam conforme o perfil do cliente.

Conforme visto, cada instituição possui regras próprias para a concessão do empréstimo. Por conta disso, é recomendável que o interessado entre em contato com o banco para entender todos os detalhes — e as cobranças previstas — da antecipação do 13º salário.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA