Governo de Roraima estuda zerar imposto cobrado sobre o gás de cozinha em 2022

Durante um anúncio feito na última semana, o governador do Estado de Roraima, Antonio Denarium, afirmou que irá reduzir a alíquota de um determinado imposto. Trata-se do Imposto sobre Comércio de Mercadorias e Serviços (ICMS), que incide sobre o gás de cozinha

Governo de Roraima estuda zerar imposto cobrado sobre o gás de cozinha em 2022
Governo de Roraima estuda zerar imposto cobrado sobre o gás de cozinha em 2022. (Imagem: Jornal de Franca)

A proposta do governo é para reduzir a alíquota de 17% para 12%, embora esta medida esteja prevista somente para o mês de janeiro de 2022. Tendo em vista que o respectivo imposto é uma das principais fontes de receita dos estados brasileiros, a sugestão será submetida a análise na Assembleia Legislativa de Roraima (Ale-RR).

A votação deve acontecer assim que o Governo de Roraima concluir a redação do que será o Projeto de Lei (PL) que irá dispor sobre o tema.

Somente após a análise com parecer positivo, que o texto será encaminhado para a sanção do governador, etapa que aparentemente não terá impasses, tendo em vista que ele é o propositor do tema. Somente então que a nova alíquota será cobrada dos consumidores brasileiros. 

O anúncio foi feito durante um evento realizado pelo Governo Federal referente à Casa Verde e Amarela em Brasília. Na ocasião, Antonio Denarium declarou estar ciente sobre o aumento no preço do gás de cozinha que, cobra em média, R$ 130. 

“Mas dizer a vocês que agora vamos reduzir o ICMS do gás de cozinha para que chegue mais barato ao consumidor e na próxima fase será feito o pedido ao Confaz para zerar a alíquota do ICMS sobre o gás de cozinha. Isso vai beneficiar os mais pobres, beneficiar quem mais precisa. Estamos buscando maneiras de suavizar o impacto danoso que vem da inflação”, disse o governador. 

Vale mencionar que, caso o projeto seja aprovado pelos parlamentares, a medida será permanente. Portanto, não haverá nenhuma data para ser encerrada. Lembrando que a redução do imposto irá incidir apenas sobre o gás de cozinha de 13 quilos para uso doméstico.

O presidente Jair Bolsonaro, que também fazia parte do evento, reconheceu o trabalho que o governador Antonio Denarium faz no Estado de Roraima. “Ele me trouxe a proposta de reduzir o ICMS do gás de cozinha a partir de janeiro de 2022 e pretende zerar este imposto.

É uma brilhante ideia no meu entender, que atinge os mais humildes e pobres. Uma excelente iniciativa, governador”, ponderou Bolsonaro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA