Casa Verde e Amarela libera financiamento para qual grupo de brasileiros?

O programa Casa Verde e Amarela é o programa habitacional da gestão do presidente Jair Bolsonaro, com a intenção de beneficiar as famílias de baixa renda. Uma das mudanças realizadas no programa é que as regiões que mais terão assistência serão Norte e Nordeste.

Casa Verde e Amarela libera financiamento para qual grupo de brasileiros?
Casa Verde e Amarela libera financiamento para qual grupo de brasileiros? (Imagem: Arnel Imóveis)

Os financiamentos podem ser divididos em grupos para a realização dos financiamentos.

  • Grupo 1

Esse grupo é formado por famílias que querem financiar um imóvel por meio da Caixa e possuem rendimento mensal familiar no valor de até R$ 2 mil.

Para esses a vantagem é juros baixos, no valor de 4,75% ao ano e subsídio de até R$ 47,5 mil.

As regiões norte e nordeste possuem taxas menores, que chegam à 4,25% ao ano.

  • Grupo 2

Esse é composto por famílias com orçamento de até R$ 4 mil mensais. Para estes os subsídios se tornam um pouco menores, no valor de até R$ 29 mil e as taxas de juros podem variar para mais, como 5,5% a 7%  para não cotista e de 5% a 6,5% para cotista.

  • Grupo 3

Aqueles que possuem renda de até R$7 mil se encaixam nesse grupo e podem ter taxas de juros mais atrativas do mercado mas ficam acima das faixas anteriores. E os subsídios são menores. Taxa de juros de 8,16%, para não cotista e de 7,66%, para cotista.

Mudanças no programa

O desconto é como uma ajuda concedida pelo FGTS no financiamento de imóveis. 

O fundo paga uma parte do valor da construção ou aquisição das habitações para que famílias de baixa renda possam diminuir o valor a ser financiado. Hoje, o Ministério do Desenvolvimento Regional considera dois critérios para conceder o desconto. 

O primeiro levado em conta é a renda familiar mensal bruta e o segundo é o  local onde será adquirido o imóvel. 

De acordo com a norma nova, outros três fatores serão levados em conta:

  • Capacidade de financiamento da família 
  • Comprometimento da despesa em relação à renda média naquela unidade da federação 
  • Área útil do imóvel

Sendo assim, o MDR informou que na prática as famílias que possuem menor capacidade de financiamento vão receber uma pontuação para aumentar o valor do desconto, com a intenção de facilitar o acesso ao crédito. 

As famílias que comprarem imóveis maiores terão desconto, dentro da tabela de habitação popular, e aquelas que tiverem maior comprometimento da renda com despesas fixas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA