CNH Social do Ceará promete abertura de 20 mil vagas em outubro

No Ceará, o Governo Estadual promete 20 mil vagas para o programa CNH Social. A aquisição gratuita da carteira de habilitação requer que os interessados passem por um processo seletivo até que iniciem as aulas.

CNH Social do Ceará promete abertura de 20 mil vagas em outubro
CNH Social do Ceará promete abertura de 20 mil vagas em outubro . (Imagem: O Povo)

O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana na última terça-feira, 14. “Nos próximos dias, vamos lançar o novo programa de carteira (de motorista) popular. Desta vez, eu vou dobrar: 20 mil carteiras populares serão autorizadas em breve aqui no Ceará”, assegurou. 

O programa CNH Social começou a vigorar em 2011, com foco na população de baixa renda. Este meio permite a aquisição da primeira via da carteira de motorista para as categorias A (moto) e B (carro).

Também é possível alterar ou incluir uma nova categoria. Tudo isso sem a cobrança de nenhuma taxa de serviço. 

Mas para ter direito a todos esses serviços que normalmente teriam um custo significativo, os interessados devem:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Comprovar renda de até 2 salários mínimos;
  • Estar desempregado a mais de 12 meses;
  • Ser aluno da rede pública e possuem rendimento exemplar;
  • Ser pessoa com necessidades especiais;
  • Ex-presidiário;
  • Ser agricultores;
  • Não possuir registro algum em sua carteira de trabalho;
  • Receber o Bolsa Família;
  • Não possuir nenhum registro de infração no trânsito;
  • Ser trabalhador do setor de transporte que deseja fazer alguma regularização perante a justiça.

Os trâmites relacionados à CNH Social são administrados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de cada unidade federativa. O órgão é responsável por todas as etapas do programa, desde as inscrições, seleção, auxílio na matrícula, até a emissão do documento. Todos os detalhes ficam disponíveis no site do Detran de cada Estado.

Atualmente, a CNH Social do Estado do Ceará está na fase inicial, de divulgação do edital e inscrição das autoescolas credenciadas no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE). Tão logo as inscrições forem liberadas, os futuros condutores devem reunir a seguinte documentação:

  • Comprovante impresso da inscrição;
  • Declaração da escola, CRAS, Secretaria de Segurança Pública ou atestado médico;
  • CPF (cópia e original);
  • Documento de Identidade Civil ou equivalente com foto (cópia e original); e
  • Comprovante de endereço atualizado no nome do candidato (cópia e original).

Os candidatos devem se atentar a todos os prazos divulgados pelo Detran, desde o período inicial e final das inscrições, publicação da lista de aprovados e matrícula. Do contrário, se os prazos de qualquer uma das etapas não for respeitado o candidato é desclassificado do programa. 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 19

CNH Social do Ceará promete abertura de 20 mil vagas em outubro

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA