Idosos recebem 3ª dose da vacina contra COVID-19 em vários estados

Logo que a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 foi oficializada pelo Ministério da Saúde, várias unidades federativas começaram a se mobilizar para elaborar o calendário do reforço vacinal.

Idosos recebem 3ª dose da vacina contra COVID-19 em vários estados
Idosos recebem 3ª dose da vacina contra COVID-19 em vários estado. (Imagem: BBC News)

Algumas das justificativas dadas para a criação desta nova etapa na campanha de vacinação consiste na perda da eficácia das vacinas com o passar do tempo e o surgimento da variante Delta no Brasil. 

O Ministério da Saúde ressalta que os idosos devem ter prioridade para receber a terceira dose da vacina contra a Covid-19. Isso porque, este é um dos principais grupos prioritários estabelecidos pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).

Pessoas imunossuprimidas, aquelas que fazem tratamento de câncer, bem como de outras doenças autoimunes também devem ter prioridade no reforço vacinal. 

Vale ressaltar que apesar das recomendações, os estados e municípios têm autonomia para fazerem as alterações necessárias no cronograma vacinal.

Por hora, dez estados brasileiros já se organizaram e começaram a aplicar a terceira dose da vacina contra a Covid-19. São eles:

  • São Paulo;
  • Rio de Janeiro;
  • Espírito Santo;
  • Piauí;
  • Minas Gerais;
  • Roraima;
  • Santa Catarina;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Goiás.

Enquanto isso, os demais estados brasileiros informaram que aguardam a notificação do Ministério da Saúde através de um ofício para dar início ao reforço vacinal, e que seguem as diretrizes do PNI. 

Em pronunciamento recente, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a aplicação da terceira dose da vacina dará preferência para as doses da Pfizer.

A pasta não recomenda o uso da CoronaVac para o reforço vacinal, tendo em vista que é o imunizante com maior perda de eficácia a longo prazo. 

“Essa terceira dose é a da Pfizer. Primeiro, porque os esquemas com vacinas diferentes geralmente usam a vacina da Pfizer ou da AstraZeneca como os imunizantes preferenciais. E segundo porque nós temos quantitativos elevados da Pfizer, o que permite assegurar que não haverá interrupção na nossa campanha de imunização”, afirmou Queiroga.

Oficialmente, o calendário nacional de vacinação com a terceira dose está previsto para começar na próxima quarta-feira, 15. Idosos com 70 anos ou mais e imunossuprimidos serão os primeiros a serem atendidos.

Vale ressaltar que, por hora, a Pfizer e a AstraZeneca são os únicos imunizantes autorizados para a aplicação da terceira dose da vacina no Brasil.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.