Cidade em Pernambuco faz mutirão para negociar débitos com água, luz e IPTU

Em Cabo de Santo Agostinho, o Procon promove até amanhã,10, um mutirão para que moradores que estão com débitos em aberto de luz, água e IPTU, possam renegociá-los.

Cidade em Pernambuco faz mutirão para negociar débitos com água, luz e IPTU
Cidade em Pernambuco faz mutirão para negociar débitos com água, luz e IPTU (Imagem: Karolina Grabowska/Pexels)

Os atendimentos são voltados para os moradores da cidade e são realizados de forma presencial e não é necessário agendar. As pessoas são atendidas por ordem de chegada entre 9h e 14h, na sede do Procon do Cabo, localizada na Rua Francisco de Assis da Silva Teixeira, no bairro da Cohab.

Podem renegociar seus débitos os moradores que possuem dívidas com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e com a Neonergia, e que estejam vencidas e reconhecidas pelo SPC e Serasa.

O Procon distribui no total, 400 senhas por dia de atendimento. É preciso comparecer ao atendimento portando documento de identidade, CPF e documentos que comprovem as dívidas.

Procon-PR aplica multa no C6 Bank por solicitação indevida de empréstimo

O C6 Bank foi multado pelo Procon Paraná em cerca de R$300 mil após os usuários reclamarem sobre o recebimento de empréstimos que não solicitaram. Segundo informações do órgão que cuida dos direitos do consumidor, o banco depositava valores a pessoas vulneráveis, como os idosos e pensionistas, sem que eles pedissem.

Os clientes que recebiam os valores acabavam não percebendo o dinheiro a mais que estava em sua conta e acabavam gastando. Após isso, o valor era descontado diretamente da aposentadoria.

O Procon informou que tentou por diversas vezes resolver a situação de forma amigável, porém o C6 Bank não cedeu. Por conta disso, foi aberto um processo administrativo interno e, como as respostas apresentadas pelo C6 não foram aceitas, as multas foram aplicadas. A instituição terá que pagar um total de R$ 296.308,21 pelas infrações.

A diretora do Procon, Cláudia Silvano, afirmou que o banco cometeu várias infrações ao Código de Defesa do Consumidor.

Este caso deve ser encarado como uma alerta aos consumidores. Os maiores problemas que acarretam na aplicação de multas pelo Procon, são a respeito das cobranças abusivas.

A dica é que os consumidores sempre acompanhem e confiram as movimentações bancárias em sua conta e que questionem a instituição quando suspeitarem de algo. Caso sua solicitação não seja resolvida pelo banco, acione o Procon.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Cidade em Pernambuco faz mutirão para negociar débitos com água, luz e IPTU

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA