Shopee é o aplicativo de compras mais baixado do Brasil; quais os diferenciais?

Em apenas dois anos no mercado, a Shopee se tornou o aplicativo de comércio eletrônico mais baixado do Brasil, de acordo com a Reuters. Para atrair os usuários, a empresa de Singapura tem apostado em minigames dentro do aplicativo, que disponibilizam cupons.

A Shopee pertence à empresa de Singapura, a Sea Group. Recentemente, o e-commerce tem disputado espaço com outras gigantes do setor, como o Mercado Livre e Magalu.

De acordo com uma estimativa realizada por analistas do Itaú BBA, publicada pela Reuters, o valor dos bens e serviços vendidos na plataforma chegou a R$ 12 bilhões no ano passado. O preço médio em seu marketplace é de R$ 40.

Shopee é o aplicativo de compras mais baixado do Brasil; quais os diferenciais?
Shopee é o aplicativo de compras mais baixado do Brasil; quais os diferenciais? (Imagem: Divulgação/Shopee)

Quais os diferenciais da Shopee?

No Brasil, a Shopee tem conquistado os usuários com os preços baixos e os minigames dentro do aplicativo. Estes jogos oferecem cupons exclusivos para os vencedores.

Essa tática inovadora acontece por meio da parceira com a Garena — provedora de jogos para celular que já distribuiu games como Free Fire, League of Legends e Fifa.

A produção de um jingle publicitário marcante também contribuiu para a ampliação da marca no Brasil. Recentemente, tem sido veiculada uma propagada estrelada pelo ator Jackie Chan.

Outro aspecto que ajudou no crescimento da empresa foi a pandemia de covid-19. Diante do cenário de isolamento social, as compras virtuais passaram a ganhar espaço.

No ano passado, as vendas no e-commerce registraram elevação de 42%. Os valores chegaram a US$ 42 bilhões. Os dados foram levantados pela empresa brasileira de pagamentos EBANX.

Apesar dos números positivos, a Shopee ainda segue perdendo dinheiro. A empresa tem sido dependente dos lucros da Garena. No segundo trimestre deste ano, a Garena teve lucro ajustado de US$ 740,9 milhões. Por outro lado, o e-commerce registrou perda de US$ 579,8 milhões.

Atualmente, o maior desafio da Shopee no Brasil é a entrega. Recentemente, em vez de contar com os Correios, a empresa passou a optar pelas transportadoras privadas. De qualquer modo, ela ainda considera ter um parceiro principal.

A Shopee espera que o crescimento da plataforma de vendas no Brasil proporcione mais parcerias de entrega.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.