Auxílio emergencial: 5ª parcela começa nesta quarta-feira (18) em todo país

Pontos-chave
  • Bolsa Família é o primeiro grupo a receber quinta parcela do auxílio emergencial;
  • Quinta parcela começa a ser paga ao público geral somente no dia 20;
  • Calendário de saques da quinta parcela começa no dia 1º de setembro.

Após gerar ansiedade nos brasileiros, a quinta parcela do auxílio emergencial finalmente foi liberada nesta quarta-feira, 18. A primeira das três parcelas referentes à prorrogação do benefício que ainda seguirá pelos meses de setembro e outubro, contempla em um primeiro momento, os beneficiários inscritos no Bolsa Família

Auxílio emergencial: 5ª parcela começa nesta quarta-feira (18) em todo país
Auxílio emergencial: 5ª parcela começa nesta quarta-feira (18) em todo país. (Imagem: FDR)

A prioridade a este grupo foi dada em virtude ao esquema organizado ainda em 2020, prevendo que apesar deste público ser elegível ao auxílio emergencial, eles deveriam receber os novos valores com base no cronograma padrão do programa de transferência de renda. Isso quer dizer que nos últimos dez dias úteis de cada mês os valores são liberados para o Bolsa Família

Este esquema tem sido praticado desde 2020, época em que a transferência de renda do Bolsa Família foi suspensa e o auxílio emergencial começou a ser pago. A sequência de pagamentos também foi mantida, ou seja, estes beneficiários recebem de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). 

Portanto, hoje é a vez daqueles cujo NIS termina em 1. Na quinta-feira, 19, recebem o NIS final 2, e na sexta-feira, 20, será a vez do NIS final 3. O cronograma do Bolsa Família terá uma pausa no final de semana, sendo retomado na próxima segunda-feira, 23, com o objetivo de ser concluído no dia 30 de agosto. 

Quinta parcela do auxílio emergencial para o público geral

Enquanto o primeiro grupo pode movimentar os valores da quinta parcela a partir de hoje, 18, o público geral começará a receber a primeira parcela referente à prorrogação do benefício somente na próxima sexta-feira, 20.

Este público é composto por trabalhadores autônomos, Microempreendedores Individuais (MEI), cidadãos de baixa renda inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e desempregados. 

Ainda em 2020 na rodada inicial do auxílio emergencial, foi determinado que este público recebesse o benefício de acordo com o mês de nascimento. Desta forma, os primeiros a serem contemplados pela quinta parcela no final desta semana são os aniversariantes de janeiro. 

Ao contrário do calendário do Bolsa Família, o esquema de pagamentos do auxílio emergencial para o público geral não terá pausas. Os depósitos continuarão a ser feitos também aos sábados e domingos.

A diferença é que este grupo foi submetido a dois calendários, um de depósitos e outro de saques e transferências. O cronograma em vigor é o de depósitos na conta poupança social digital do Caixa Tem.

Enquanto isso, as demais movimentações da quinta parcela do auxílio emergencial serão liberadas a partir do dia 1º de setembro.

Esta divisão foi necessária em virtude das frequentes aglomerações causadas nas portas das agências da Caixa Econômica por todo o país.

As extensas e duradouras filas eram formadas por beneficiários em busca do benefício, indo contra as recomendações de isolamento e distanciamento social em virtude da pandemia da Covid-19, cenário que resultou na criação deste auxílio voltado a cidadãos em situação de vulnerabilidade social. 

Valores e pagamentos

Em um primeiro momento, o Governo Federal chegou a oferecer parcelas de R$ 600 durante os cinco primeiros meses do auxílio emergencial em 2020. Durante este mesmo período as mães solteiras chefes de famílias monoparentais tiveram direito a receber o valor dobrado, ou seja R$ 1.200.

Posteriormente, o benefício foi renovado até dezembro de 2020, mas foi preciso reduzir o valor das parcelas para R$ 300 e R$ 600, respectivamente. 

A incerteza sobre a volta do auxílio emergencial em 2021 pairou durante três meses, até que o benefício começou a ser pago em abril deste ano. Mas para atender as necessidades do povo de acordo com a disponibilidade dos cofres públicos, foi preciso alterar os valores das parcelas.

Neste ano, o auxílio emergencial paga três valores distintos de acordo com o perfil de cada trabalhador. Por exemplo, cidadãos que moram sozinhos recebem R$ 150, representantes de grupos familiares recebem a média de R$ 250 e as mães solteiras chefes de famílias monoparentais são contempladas pela cota máxima de R$ 375. 

Os valores são pagos diretamente nas contas poupanças sociais digitais gerenciadas pelo aplicativo Caixa Tem. A plataforma foi criada no ano passado para unificar os pagamentos do benefício e evitar as aglomerações nas instituições bancárias que tomaram grandes proporções. 

O Caixa Tem possibilita o uso do auxílio emergencial mediante uma série de serviços e ferramentas. As opções vão desde recarga de celular, pagamento de boletos, uso do cartão de débito virtual, entre tantas outras.

A única restrição se refere às transferências via TED e DOC que são liberadas apenas junto ao calendário de saques. Além disso, o PIX não pode ser efetuado para contas da mesma titularidade em outras agências.

A diferença é que enquanto o público geral deve aguardar a vigência do calendário de saques e transferências, os beneficiários do Bolsa Família estão autorizados a movimentar os valores integralmente no mesmo dia em que são liberados no Caixa Tem. 

Auxílio emergencial: 5ª parcela começa nesta quarta-feira (18) em todo país
Auxílio emergencial: 5ª parcela começa nesta quarta-feira (18) em todo país. (Imagem: Reprodução G1)

Calendário de depósito do auxílio emergencial para o público geral

Mês de nascimento 5ª parcela 6ª parcela 7ª parcela
Janeiro 20 de agosto 21 de setembro 20 de outubro
Fevereiro 21 de agosto 22 de setembro 21 de outubro
Março 21 de agosto 23 de setembro 22 de outubro
Abril 22 de agosto 24 de setembro 23 de outubro
Maio 24 de agosto 25 de setembro 23 de outubro
Junho 25 de agosto 26 de setembro 26 de outubro
Julho 26 de agosto 28 de setembro 27 de outubro
Agosto 27 de agosto 29 de setembro 28 de outubro
Setembro 28 de agosto 20 de setembro 29 de outubro
Outubro 28 de agosto 01 de setembro 30 de outubro
Novembro 29 de agosto 02 de outubro 30 de outubro
Dezembro 31 de agosto 03 de outubro 31 de outubro

Calendário de saques do auxílio emergencial para o público geral 

Mês de nascimento 5ª parcela 6ª parcela 7ª parcela
Janeiro 01 de setembro 04 de outubro 01 de novembro
Fevereiro 02 de setembro 05 de outubro 03 de novembro
Março 03 de setembro 05 de outubro 04 de novembro
Abril 06 de setembro 06 de outubro 05 de novembro
Maio 09 de setembro 08 de outubro 09 de novembro
Junho 10 de setembro 11 de outubro 10 de novembro
Julho 13 de setembro 13 de outubro 11 de novembro
Agosto 14 de setembro 14 de outubro 12 de novembro
Setembro 15 de setembro 15 de outubro 16 de novembro
Outubro 16 de setembro 18 de outubro 17 de novembro
Novembro 17 de setembro 18 de outubro 18 de novembro
Dezembro 20 de setembro 19 de outubro 19 de novembro

Calendário completo do auxílio emergencial para o Bolsa Família

NIS final 5ª parcela 6ª parcela 7ª parcela
NIS 1 18 de agosto 17 de setembro 18 de outubro
NIS 2 19 de agosto 20 de setembro 19 de outubro
NIS 3 20 de agosto 21 de setembro 20 de outubro
NIS 4 23 de agosto 22 de setembro 21 de outubro
NIS 5 24 de agosto 23 de setembro 22 de outubro
NIS 6 25 de agosto 24 de setembro 25 de outubro
NIS 7 26 de agosto 27 de setembro 26 de outubro
NIS 8 27 de agosto 28 de setembro 27 de outubro
NIS 9 30 de agosto 29 de setembro 28 de outubro
NIS 0 31 de agosto 30 de setembro 29 de outubro

https://www.youtube.com/watch?v=KV0yDEOZEP4&t=3s&ab_channel=FDR-Finan%C3%A7as%2CDireitos%2CRenda

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Auxílio emergencial: 5ª parcela começa nesta quarta-feira (18) em todo país

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA