Como liberar meus dados para consulta de outros bancos no Open Banking?

Como liberar meus dados para consulta de outros bancos no Open Banking? Com a liberação da segunda fase do sistema financeiro aberto, os usuários poderão autorizar a liberação de dados bancários com outras instituições financeiras. Entenda como realizar este procedimento.

Como liberar meus dados para consulta de outros bancos no Open Banking?
Como liberar meus dados para consulta de outros bancos no Open Banking? (Imagem: Startup Stock Photos/Pexels)

Desde a última sexta-feira (13), o Banco Central deu início à segunda fase do Open Banking. A partir de então, os clientes poderão pedir o compartilhamento entre instituições participantes de seus dados cadastrais, de informações de transações em contas, produtos de crédito e cartão de crédito contratados.

Vale reforçar que o compartilhamento acontece apenas mediante autorização da pessoa. Os dados são usados sempre para finalidades determinadas, e por um prazo específico.

O cliente poderá cancelar a autorização a qualquer momento — em qualquer das instituições envolvidas no compartilhamento.

Como vantagem, o cliente poderá receber ofertas de produtos e serviços mais adequados ao perfil. Os custos poderão ser mais acessíveis, de forma mais ágil e segura.

Nessa etapa, a implementação acontecerá de forma escalonada. A cada novo período, os limites aumentam até acontecer a operação completa. Estes são os dados que poderão ser compartilhados:

  • Entre 13 de agosto e 12 de setembro: dados cadastrais
  • Entre 13 de setembro e 26 de setembro: dados cadastrais + dados de transações relacionadas às contas corrente, de poupança e pré-pagas
  • Entre 27 de setembro e 10 de outubro: todos os dados anteriores + dados de transações relacionadas a cartão de crédito e operações de crédito (como financiamentos e empréstimos)
  • Entre 11 de outubro e 24 de outubro: todos os dados cadastrais e transacionais anteriores

Como liberar meus dados para consulta de outros bancos no Open Banking?

De forma geral, o procedimento de autorização do compartilhamento de dados acontecerá desse modo, conforme informado pelo G1:

  1. Consentimento: por meio do site ou aplicativo de alguma instituição financeira, a pessoa poderá dar a autorização para o compartilhamento de dados. O aceite será feito por meio de algum campo específico;
  2. Autenticação: após o consentimento, a pessoa será transferida para a interface do atual banco, por exemplo — da onde os dados serão retirados — para realizar o login de usuário;
  3. Confirmação: depois do login, a pessoa precisará realizar mais um aceite para confirmar a transferência das informações pessoais.

Após o consentimento, a instituição que receberá as informações deverá ter uma opção para cancelar a autorização, caso a pessoa mude de ideia. O cancelamento ocorre na mesma interface usada anteriormente.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4
Total de Votos: 1

Como liberar meus dados para consulta de outros bancos no Open Banking?

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA