Dicas para não cair em golpes quando for vender seus produtos na internet

Muito se fala sobre golpes aplicados em compras pela internet, porém os vendedores também devem ficar ligados. A quantidade de golpes aplicados em plataformas de venda e compra de produtos na rede estão crescendo e muito. Um dos golpes mais comuns é o de utilizar o anúncio como uma forma de conseguir um contato por fora da plataforma com o vendedor.

As fraudes mais comuns são a tentativa de clonar o WhatsApp do vendedor, alegando problemas para pagar a compra. A outra é enganar o vendedor para que ele acredite que vendeu o produto.

Foi exatamente isso que aconteceu com Fabrícia Ribeiro, enfermeira do Rio de Janeiro. Ela caiu num golpe mesmo não sendo nova no Mercado Livre. 

“Anunciei meu celular, logo em seguida recebi um e-mail, idêntico visualmente ao do Mercado Livre, alegando problemas e me enviando os dados do comprador para o envio do celular para São Paulo, tinha até o telefone de contato da pessoa. Só me dei conta do golpe quando o produto chegou lá e não recebi nada. Procurei a plataforma, mas me disseram que deveria ter ficado atenta ao domínio do e-mail. Conclusão: perdi R$ 700”, disse.

Dicas para não cair em golpes quando for vender seus produtos na internet
Dicas para não cair em golpes quando for vender seus produtos na internet (Imagem: Karolina Grabowska/Pexels)

Nunca passe seus dados pessoais 

A advogada Renata Ruback, da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB-RJ, orienta que os vendedores nuca devem passar ou preencher formulários com seus dados pessoais como nome, RG, CPF, data de nascimento e, especialmente, dados bancários, antes de verificar a autenticidade da plataforma.

“Deve-se dar preferência aos meios de pagamentos seguros usualmente disponibilizados plataformas. Além disso, o vendedor deve esperar a compra ser aprovada pela plataforma e não cair em qualquer pressão para envio da mercadoria”, disse.

Segundo a diretora do Procon Paraná e advogada Claudia Silvano, é importante que o vendedor se informe a respeito dos termos de uso de cada plataforma.

“Isso é fundamental para saber se são feitos contatos por telefone, que tipo de informação são coletadas. Qualquer contato paralelo à plataforma deve ligar um sinal de alerta de fraude” afirmou.

Demais orientações para evitar golpes 

  • Antes de comprar ou anunciar se atente os termos de uso
  • Todo o processo de compra e venda deve ser realizado dentro pela plataforma
  • Não forneça telefone ou e-mail a um possível comprador
  • Dê preferência às formas de pagamento que a plataforma oferece 
  • Não envie o produto antes e confirmar o pagamento
  • As empresas não costumam solicitar ou pedir códigos enviados por WhatsApp

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Dicas para não cair em golpes quando for vender seus produtos na internet

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA