Crescem golpes contra aposentados do INSS por ligação; proteja-se!

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está alertando os segurados para os golpes que estão acontecendo para roubar os dados dos beneficiários.

Crescem golpes contra aposentados do INSS por ligação; proteja-se!
Crescem golpes contra aposentados do INSS por ligação; proteja-se! (Imagem: Shutterstock)

Os golpes registrados estão sendo feitos por meio de falsos pedidos de revisão dos benefícios. As abordagens são feitas por e-mail, sms, ligação.

Golpe 

O contato é feito por meio de ligação, em que eles entram em contato com a vítima pedindo que ela faça o seu pedido de revisão. Para essa revisão é necessário informar seus dados de identificação pessoal e de informações bancárias.

Por conta disso, o instituto solicita que os segurados denunciem o crime por meio do endereço da Controladoria-Geral da União (CGU), ou pelo telefone 135.

Além disso, é necessário registrar o boletim de ocorrência para comprovar que os dados foram roubados. O órgão alerta para que a população não informe os seus dados por meio de links ou supostas mensagens em seu nome.

“Caso alguém faça qualquer comunicação pedindo dados ou fotos em nome do INSS, não atenda a solicitação, desligue a ligação e bloqueie o contato. O Instituto nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos”, informou o órgão.

O INSS ainda informou que no caso de pendência com o segurado, a equipe entrará em contato através do número: 280-41. O órgão ainda ressaltou que nunca manda links nem pede documentos pelo SMS.

A convocação de cidadãos para apresentar documentos, essa convocação fica registrada no Meu INSS e pode ser verificada também pelo telefone 135.

Em caso de dúvidas, o cidadão pode entrar em contato com os canais de atendimento oficiais no atendimento remoto como a assistente virtual (chatbot Helô), disponível no site (gov.br/meuinss) e aplicativo do Meu INSS e também no telefone 135 que funciona que funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h (horário de Brasília).

Meu INSS

O aplicaitivo é a central de serviços para os segurados da Previdência disponível na internet por meio de aplicativo ou pelo site meu.inss.gov.br.

Após cadastrar uma senha, o usuário da plataforma terá acesso a quase todas as informações sobre as suas contribuições e benefícios.

Aqueles que já recebem uma renda paga pelo INSS, devem adquirir o hábito de utilizar o sistema para realizar a consulta ao extrato de pagamento.

O aplicativo foi criado para proporcionar mais facilidade para o cidadão nos benefícios previdenciários ou assistenciais. Pode ser acessado pela internet do seu computador ou pelo seu próprio telefone celular (Android e iOS). Por lá, estão disponíveis mais de 90 serviços oferecidos pelo órgão.

O contribuinte pode acessar as informações completas sobre a sua vida como trabalhador, para isso basta acessar a opção Extrato Previdenciário (CNIS). O trabalhador pode baixar esse extrato em pdf para facilitar a visualização e para ter com ele sempre que preciso.

Desde o mês de maio, a forma de se cadastrar e obter a senha para acessar o aplicativo também mudou.

Caso o usuário ainda não seja cadastrado no Meu INSS, é preciso acessar o site acesso.gov.br e se inscrever. 

Essa mudança faz parte da ação do Governo para unificar os logins, portais e sites institucionais a fim de facilitar a vida do cidadão que busca os serviços públicos na internet.

A senha inicial do Meu INSS também pode ser obtida pelos sites dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob, Sicredi. E diretamente nas agências da Previdência.

Caso o contribuinte ainda tenha dúvidas o beneficiário pode ligar no telefone 135 e tirar todas elas.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Crescem golpes contra aposentados do INSS por ligação; proteja-se!

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA