Fintech Target quer incluir caminhoneiros como investidores do mercado

A Target é conhecida como a fintech dos caminhoneiros, e para se tornar esta referência ela investiu nos últimos anos em vários serviços financeiros especiais para a categoria. O que inclui uma conta digital e compras com cashback para os profissionais das estradas. Agora, a empresa quer oferecer mais que serviços do dia a dia e se tornar um marketplace completo para os profissionais, podendo transformá-los em investidores.

Fintech Target quer incluir caminhoneiros como investidores do mercado
Fintech Target quer incluir caminhoneiros como investidores do mercado (Imagem: Agência Brasil)

Para realizar este desejo, a Target firmou uma parceria com a corretora Órama para passar a oferecer uma carteira de produtos financeiros que concede acesso a títulos públicos como os do Tesouro Direto, e também fundos de investimentos. 

Os profissionais que não quiserem investir, a empresa também oferecerá uma remuneração de 100% do CDI para o saldo na conta digital, da mesma forma que concorrentes como o Nubank, já fazem.

Os caminhoneiros também contam com uma assessoria personalizada da Órama, que orienta os profissionais através de questionários que servem para detalhar o perfil de cada investidor. 

O presidente da Target, Willian Rego, disse que a empresa deseja entrar de vez na educação financeira e ainda oferecer simultaneamente aos profissionais, o serviço mais completo em um mar de concorrentes no Brasil.

“Queremos ter todas as soluções para todos os envolvidos nessa cadeia logística: dos caminhoneiros às redes de combustíveis. E nosso modo de chegar a isso será com a inovação”, disse.

A empresa tenta se inserir em um contexto em que as fintechs necessitam oferecer cada vez mais produtos e serviços diferenciados. Entre as empresas que ampliaram os seus serviços para além do tradicional, está, por exemplo, o Nubank, que passou a oferecer transferências internacionais.

A Target tem uma meta ousada para este novo produto. Ela espera contar com no mínimo 5.000 caminhoneiros autônomos investindo em seus produtos financeiros nos próximos meses. Atualmente, a Target possui 100.000 clientes entre caminhoneiros, empresas e postos de combustíveis.

Seguindo o que já é aplicado pelas concorrentes, a palavra-chave da Target é a digitalização. Antes de oferecer investimentos aos usuários, a empresa já possuía seu cartão de débito e uma conta digital controlada por aplicativo.

No app, o caminhoneiro tem o total controle de suas transações que acontecem dentro e fora das estradas.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Fintech Target quer incluir caminhoneiros como investidores do mercado

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA